Destino: La Paloma

Imaginem a alegria na tarde de uma quarta-feira quando recebi um e-mail totalmente inesperado da minha gerente comunicando que estaria liberada no feriado da sexta-feira.

Só pensava em viajar e aproveitar meus três dias de sol sem trabalho.

                                        Já na estrada, passando por um dos pedágios.

Queria viajar, mas pra onde? 
A primeira opção que escolhemos foi Villa Serrana que nessa altura já estava com as opções de hospedagem esgotadas. 

A segunda opção foi usar a folga de tempo para ir nas praias lá pelas bandas do departamento de Rocha.
                                      
E assim fomos passar o feriado em La Paloma.


Procurando hospedagem de última hora, encontramos um hotel em frente a praia com um precinho bem camarada.

A cota de vergonha alheia do dia ficou com a chica da recepção, liguei para reservar o quarto e ela disparou um pouco reticente: "mirá, tenemos un grupo de brasileros este finde, te cuento por si querés descansar... eehh viste como son, no? Va haber mucho ruido, entonces te aviso por las dudas!", daí respondi "si, claro...soy brasilera!". Cri cri cri na linha rs.

Quando me falaram de um grupo grande de brasileiros imaginei uma excursão de tiozão, aquela coisa mais família, sabem? A surpresa ao chegar no hotel foi encontrar um grupo de 70 jovens de 25/30 anos naquele clima de primeira semana de BBB com direito a abraços e gritinhos de "A-ha U-hu La Paloma é nossa!" e um festão até raiar o dia com um equipamento de som super potente.

Encaramos com bom humor e decidimos ficar lá mesmo no Hotel Portobello a primeira noite, imediatamente fomos convidados para participar da festa. Já era tarde e valia mais curtir o dia na praia do que sair e buscar outro lugar para ficar.

A vantagem desse hotel definitivamente é a localização, dentro da praia praticamente, você sai e já pisa na areia.

E o que dizer da vista? Sensacional acordar e dar de cara com esse mar, ou então ver o entardecer da janela do quarto!



De manhãzinha...

De tarde (área externa do hotel)...

E o show do fim de tarde! ;) 

Não é um hotel novo e isso se faz notar em alguns detalhes, não tem ar condicionado e o café da manhã é muito simples, mas no final cumpriu com o que esperavamos: um lugar para passar a noite perto da praia.

Os balneários estão começando a se preparar para a temporada, muita coisa ainda está sendo preparada, os estabelecimentos estão em reforma e nem tudo estava aberto, apesar do movimento de pessoas já nas praias.

No primeiro dia aproveitamos o  tempo na praia, caminhamos e sentimos a água congelada fria do mar. Mesmo fazendo calor, dessa vez não me animei a entrar! Ficamos na areia tomando sol e lendo, vocês devem imaginar a felicidade de estar assim fazendo nada na praia depois de meses de frio.

Coragem só para molhar os pés rs!

Saindo da praia fomos ao centrinho tomar sorvete, esses programas me levam de volta aos veraneios na Ilha de Itaparica quando criança, uma delicia só! 

O sorvete nem é tão gostoso, mas é um dos programas mais legais em La Paloma ir no fim do dia na sorveteria, faz até fila.


A noite não tinha muita opção, compramos um calzone numa pizzaria/lanchonete do centro e passamos no supermercado para comprar vinho e mais quitutes e armamos um mini piquenique noturno, já tinha até esquecido como é lindo ver o céu cheio de estrelas nesses lugares! Coisas que não temos nas cidades grandes!

Voltando para o hotel, cheguei a passar na festa dos brasileiros e comprar uma cerveja, não tenho mais disposição para balada e por sorte depois do vinho e da cerveja dormi sem dar a menor bola ao barulho. 

No último dia em La Paloma fizemos o check out e fomos visitar o farol, dá para subir e admirar a vista lá do alto, eu dispensei a subida dessa vez e fiquei fotografando e catando conchinha na praia rs! 




Abraços! ;)

17 comentários

  1. Oh praga!... Tem pedágio até no Uruguai!

    Só curiosidade: as estradas têm qualidade boa, média, o ruim? E os ônibus e trens pra viajar; como são?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem pedágios! :S

      As estradas são ótimas, acho o nivel bemmm melhor que o Brasil (Bahia).

      Os ônibus custam o mesmo preço, o valor é calculado com base na quilometragem, o que muda para influenciar na escolha é a qualidade do serviço de cada empresa.

      Trem não é comum, sei que há algumas linhas, mas não conheço ninguém que usa, nem saberia dizer se alguma linha leva a destinos conhecidos...

      Abraço! :)

      Excluir
  2. Muito bom!!!
    Qdo eu era pequenina, eu veraneava em Mar Grande.. E hoje, trabalho dois dias da semana em Itaparica.. Em hospital!
    Vc não viu Belchior por La Paloma,não?
    Neste último Domingo,passou,no Fantástico,que ele deu um calote( equivalente a 6 meses de estadia)em um hotel,em Artigas.
    Que vergüenza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata... Tá falando do Belchior cantor e compositor?!? Caramba, eu conheci o cara (faz anos)! Sujeito legal, mas... É bem chato mesmo pra quem fez PARALELAS!

      Excluir
    2. Mile,quantas fotos lindas!Da vez passada que vim passear aqui,não consegui visualizá-las!

      Oi Alex,
      Sim,o próprio!rs
      Segundo o jornal,ele já foi visto em um bairro nobre de Porto Alegre, o que seria mais provável, pela aproximação do RS com Artigas(fronteira).
      Quem sou eu para julgar alguém (já julgando,rs).Que personalidade,viu!Sabendo o histórico dele,eu diria que o cidadão gosta de bem estar e não curte muito:leis e burocracias!Essa combinação pode ser perigosa,né?
      Pode resultar em extravagância e falta de respeito ao próximo (ou a próxima vítima, rs)

      Abraço

      Excluir
    3. É, coloquei as fotos depois! Meu fotografo demorou para me enviar! ;)

      Eu veraneava em Salinas e Barra do Gil, bons tempos! Vejo os guris veraneando na linha verde e é outra coisa, eu vivia misturada com os nativos, de pé no chão subindo em arvores... #nostalgica!

      hahaha não vi o sujeito, ainda bem! Na verdade provavelmente não o reconheceria, mas já tem um tempo que ele anda aprontando em terras uruguaias, né?

      Abraço!

      Excluir
  3. Falando em Fantástico,vamos falar de boas personalidades..Domingo passado passou sobre Pepe Mujica. Admiro o muito muito.
    Lindo,me apaixonei mais ainda..
    Isso que é um gran ciudadano!
    E Quanto às árvores,também subia,rs.Eu não podia ver uma árvore, e me gabava toda,porque subia até o topo e,sempre,chegava em primeiro lugar!!rs(Era uma menina moleca também).
    Acho que deve ser aquela velha história,cantada por Gil:“Toda menina baiana tem um jeito que Deus dá...que Deus deu...”

    Beijo Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm, também admiro muito toda a história e lucidez dele para ver a vida! Ainda dedico um post só pra ele!

      Não vi essa reportagem, vou até procurar na net, muita gente comentou comigo e até acho que o número de dúvidas sobre a vida no Uruguay que tenho recebido pelo blog é decorrente dessa matéria...

      hahaha Gil tem toda razão!

      Beijo.

      Excluir
  4. Olá...........

    Quanto custa em reais a diária do hotal????????

    A água é sempre gelada ou na alta temporada esquenta?.....

    abraços Rodrigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo,

      As diárias no Uruguay são praticadas em dólares e pesos uruguaios.

      Para encontrar o equivalente em reais tem que fazer a conversão de moedas (busca no google algum conversor, geralmente uso o financeone).

      E a água é sempre gelada mesmo. No verão faz muito calor, muito mesmo, e a temperatura da água passa a ser até agradável.

      Abraços!

      Excluir
  5. Olá Mile, estou pensando em fazer uma viagem de carro de Florianópolis até La Paloma. Você foi de carro? Qual foi o trajeto que você fez? Vale a pena conhecer La Paloma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiano!

      Fui de carro desde Montevideo, se você vem do Brasil e passa pelo Chuí, La Paloma fica perto.

      Se você tem tempo livre, acho ótimo conhecer La Paloma e também outras cidadezinhas do departamento de Rocha, como Punta del Diablo, La Pedrera, etc.

      Se está corrido e tem que optar só por um lugar da região, eu ficaria com Cabo Polonio.

      Abraço!

      Excluir
  6. Oi Mile! Eu e minha esposa vamos tirar férias no Uruguay em novembro, achei seu blog e gostaria de agradecer todas as informações, são muito úteis! Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Mile. Estou indo para Montevideo agora dia 05/08/15, de carro a partir de Porto Alegre. Pensei em parar em La Paloma ou Punta del Diablo para conhecer. Sabes me dizer se há opções de restaurantes nesse período (agosto)? Desculpe se a pergunta é muito óbvia, mas nunca entrei nessas praias (La Paloma, Punta del Diablo, ...). Muito bom teu site, parabéns. Abraço e obrigado.

    ResponderExcluir
  8. Oi!! Vou pro Uruguai em fevereiro e estou pegando várias dicas por aqui!! Uma dúvida sobre La Paloma: como é andar pela cidade? Pelo que vi não tem muito transporte, né? Pergunto isso porque reservei um hostel que é um pouco roots e afastado das ruas principais e estou com um pouco de receio, por querer passear e voltar pra dormir depois de jantar só e tal, já de noite...

    Valeu!!

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. Olá Mille!!Estou indo ao Uruguai e quero conhecer La Paloma, Cabo Polonio e Punta del Diabo. Quantos dias eu fico em cada cidade? Dá pra conhecer 2 cidades em um dia ou melhor um dia para cada uma? Conhece hostel que possa me indicar nestas cidades?Estou pensando em alugar um carro para conhecer estas praias a partir de Punta Del Este; ou seria melhor outro tipo de transporte pois vou sozinha.

    ATT,

    Erika

    ResponderExcluir
  10. quem tá te pegando? você é bem gostosa, pegava fácil

    ResponderExcluir