O abacaxi do dia!

Não costumo falar de coisas desagradáveis porque há tanta coisa linda nesse mundão de meu Deus que não vale a pena perder tempo com coisas pequenas!

Só que dessa vez resolvi dividir minha insatisfação com minha ex sorveteria preferida do mundo: a Freddo!

O atendimento cordial nunca foi o forte do local, mas a qualidade do sorvete tornava isso um detalhe a parte, afinal que importava a cara azeda das funcionárias perto da doce alegria do incomparável sorvete de dulce de leche granizado?

Pois bem, nessa última visita ao estabelecimento importou e muito!

Estavamos lá na fila - é verão e com o sol entrando pela noite esses lugares tornam-se concorridos! - quando a mulher do caixa resolveu dar uma mão às meninas que estavam servindo sorvetes.

Ok, esperamos tranquilos - apesar de achar pouco lógico, visto que ao terminar de servir todo mundo que já estava com o ticket, ela voltaria a despachar a fila, enquanto as outras 2 ficariam lá esperando para atender.

Daí quando a guria volta ao caixa, volta possuída no ritmo da ragatanga, "pedindo" para uma senhora fechar a porta por causa do ar condicionado! Ora, a porta estava aberta porque ela deixou a função dela e a fila cresceu, fazendo clientes esperarem do lado de fora!

Eu estava aburrida com a espera e como cliente assídua  pensei em tirar umas fotos para fazer um post aqui no blog, então com o celular comecei a tirar algumas fotos, quando essa criatura na ponta oposta do balcão gritou rispidamente "NO se puede sacar fotos!" e obvio, todo mundo olhou pra minha cara... constrangimento define a situação!

Com cara de poucos amigos resmunguei onde estava escrito que não era permitido tirar fotos dentro do local! É museu por acaso, ocorre alguma atividade ilícita e secreta? Ainda que houvesse o tal cartaz, a postura da funcionária deveria ser de aproximar-se e avisar educadamente que não estava permitido.

Para fechar a passagem com chave de ouro, a menina que servia e era menos histérica, me perguntou qual sabor queria e respondi que queria uma prova de ananá, ela perguntou:

-Chocolate?
- (?) No,  a-na-ná !
- Solo ananá?
- Sí!

E aí ela voltou com minha casquinha pronta com 2 bolas de abacaxi! 

Engoli a seco a vontade de rodar literalmente a baiana na Freddo, peguei o sorvete de abacaxi e saí certa que seria a última vez que iria ali.

Dando certa utilidade ao post - para não ficar só chorando as pitangas -  deixo algumas palavrinhas em espanhol usadas nas sorveterias:

Sorvete = Helado
Sabor = Gusto/Sabor
Casquinha/Cascalho = Cucurucho (minha palavra preferida rs)
Copo = Vaso
Colherzinha/ Pazinha de sorvete = Cucharita

Ahhh, seguem as fotos altamente confidenciais da sorveteria! :P





Abraço!

19 comentários

  1. Mais belas dicas.... Seu blog é demais!

    Casquinha/Cascalho = Cucurucho
    Colherzinha/ Pazinha de sorvete = Cucharita

    Essas palavras eu não vou saber pronunciar. Minha filha adora sorvete, ela que se vire pra falar isso!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs muito obrigada, Régis! ;)

      É fácil, as palavras com "ch" aqui tem som de "tch", como quando dizemos tchau.
      Então seria mais ou menos "cucurutcho" e "cutcharita".

      Abraço!

      Excluir
  2. rs.. Pelo menos lhe serviu para dar um belo título ao novo post! Podemos até falar td certinho, mas acho que o vai-e-vêm,(mesmo que ele se torne imperceptível) do nosso sotaque deve soar diferente em alguma coisa, né?
    Eu amo espanhol, Mile.. Me formei há muito tempo atrás e devoro dicionário! Estou revisando e lendo umas revistas em espanhol.. Mas, *cucurucho* foi novidade pra mim... Bonitinho!

    Rê ou Re (aí), já que não usam o ^ (circunflexo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, mesmo com 2 anos aqui ainda tenho muito sotaque, muito mesmo, mas nesse caso estou quase certa que a guria estava com a cabeça na lua - ou nos problemas dela, vai saber - porque de chocolate (tchocolate como dizem aqui) para ananá é uma diferença gritante, nem comentei no post, mas ela trouxe já o sorvete pronto e nunca me perguntou se queria casquinha ou copinho, ou seja "engole aí qualquer coisa, fia"... e eu adoro falar cucurucho hahaha! ;)

      Que bom que gosta de ler, também gosto de ler em espanhol, ver filmes é uma boa também, há vários argentinos muito bons...

      Abraço!

      Excluir
    2. Tem razão!(não parei pra analisar essa grande diferença).Pelo visto, o clima estava tenso lá, né? Realmente, essas coisas são muito desagradáveis! Mas, passou.. Vc até já digeriu as duas bolas de ananás, rs (fisiologicamente falando). Sim, treinar com filmes é muito bom. Gosto muito do cinema argentino, quer dizer,sulamericano em geral. Tem um diretor mexicano o: Alejandro Iñarritu, que fez a trilogia: Amores Perros, 21 gramas e Babel que gostei muito. Em todos sub histórias se cruzam a partir das coincidências dos personagens!(Vc deve conhecer). E o Almodóvar (espanhol),esse aí, morrerei gostando..

      Excluir
    3. P.s.: Nesse caso, hispo-hablante; já que o México e a Espanha não estão na América do Sul, rs

      Excluir
    4. * hispano hablante (vixe, quase não sai)

      ;)

      Excluir
    5. rs sim, Almodovar sou fã, já vi quase todos os filmes! Já do Alejandro, só cheguei a ver Amores Perros...

      Beijo!

      Excluir
  3. E os sorvetes da Cigalle, o que voce acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os sorvetes são ótimos também, agora vou passar a frequentar mais rs! ;)

      Excluir
  4. Ola Mile, meu nome e Fabiana,

    Minha familia e eu estivemos em Punta e Montevideo em Dezembro passado, e claro ficamos encantados com a cidade, desde entao, estou lendo tudo o que encontro sobre o Uruguay, em uma dessas pesquisas descobri o seu Blog, estou adorando! voce escreve muito bem e com riquezas de detalhes. Pena que eu nao li antes da viagem, teria sido muito util rsrs.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiana!

      Muito obrigada pela gentileza! ;)

      Que bom que gostaram da viagem! Se o interesse pelo país seguiu e te fez buscar mais informações, sinal que logo, logo estará novamente por terras charruas, aí as dicas do blog poderão ser úteis rs!

      Beijão.

      Excluir
  5. Poxa, essa caixa aí e uma que nos atendeu no Duty-Free do Carrasco (não vou dizer o nome para não ser deselegante, mas a primeira letra é Carolina)devem ser as duas únicas uruguaias grossas ainda existentes! Tenho achado o povo aqui muito cordial!
    Agora, é buscar uma nova "melhor sorveteria da cidade"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique, para ser franca te digo que acho o povo uruguaio super querido e cordial, desde que não esteja atrás de um balcão atendendo constantemente o público rsrs!

      Trabalho doce esse de buscar uma nova melhor sorveteria rs!

      Abraço.

      Excluir
  6. Rafael Radaskievicz23 de janeiro de 2013 23:19

    Parabéns pelo blog, estive em MVD e fui ao Freddo pelo seu post. Realmente acredito que tenha sido um dia infeliz, qdo estive lá foi tudo normal, até pq, era uma quarta-feira.
    Nesse mesmo dia estive no Pacharán, cozinha basca, achei muito bom, que tal um post sobre ?
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael!

      Muito obrigada pelo comentário! Fico feliz que tenha sido bem atendido lá!

      Eu continuo sem querer dar as caras de novo...

      Ainda não comi nesse restaurante, mas gostei da sugestão!

      Abraço.

      Excluir
  7. Deves conhecer, mas lá vai a dica: dulce de leche granizado da Los Trovadores (gabriel pereira y pagala). Pra mim, não há melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço ainda, obrigada pela dica! ;)

      Frequentava a Freddo desde os tempos que passei em Buenos Aires e além de achar o sorvete uma delicia, vivo apenas 2 quadras de uma sorveteria Freddo, então quase nunca saia dessa gostosa comodidade...

      Excluir