Montevideo em miniatura

Passei aqui rapidinho só para compartilhar um vídeo que mostra a cidade de Montevideo.

Já tinha visto vídeos similares utilizando esta técnica de fotografia e produção audiovisual chamada Tilt Shift para retratar várias cidades, mas confesso que fiquei toda orgulhosa quando encontrei a versão uruguaia, o pessoal mandou bem na seleção das imagens e montagem.

É um breve passeio virtual pela capital, podemos ver o Puertito del Buceo, o Estadio Centenario, a praia Ramírez, a Plaza Independencia, a área do porto, o Hipódromo de Maroñas, o Palácio Legislativo, etc.

Sem mais delongas, segue o vídeo! ;)





Abraço!

7

Rambla e um tantinho de história

Não é novidade que um dos meus passeios preferidos é passear nas rambla.

Mas "passear nas rambla" é algo muito abrangente, a orla é enorme e se você não for um super maratonista, será difícil caminhar por toda a rambla em apenas um dia.

O pedaço mais visitado pelos turistas é o que corresponde a orla de Pocitos e Punta Carretas. Muita gente não visita às ramblas na parte mais antiga da cidade e acaba perdendo um bom passeio.

Meu lugar preferido nessa parte menos moderna fica na Rambla Gran Bretaña e Rambla Francia, já quase chegando no porto e Ciudad Vieja para quem vai pelo caminho da orla,  é claro.

Mais precisamente na área entre o Dique Maua, o Cubo del Sur e La Chimenea.

Dessa parte da rambla também podemos contemplar um belo por do sol e ter a companhia sempre agradável do Rio de la Plata. 

Como não amar essa vista? 

La Chimenea por Pablo Piriz (fotógrafo oficial do blog rs)
                                    
A área conhecida como Cubo del Sur guarda detalhes importantes da história uruguaia: a fundação da cidade de Montevideo lá pelos anos 1700 e bolinhas foi tardia se compararmos com as cidades coloniais vizinhas, isso ocorreu porque os espanhóis só deram atenção a esse lugar quando os portugueses começaram a disputar tal território visando expandir seus negócios (e eles foram persistentes, lembram que a fofa Colonia del Sacramento foi fundada pelos portugueses?), diante das constantes ameaças de invasão foi necessário construir fortificações para proteger e manter a cidade sob o domínio da coroa espanhola.   

Cubo del Sur por César Améndala, foto internet
                                        
Montevideo, ou o que hoje conhecemos como o bairro Ciudad Vieja, era cercada por uma muralha. 

No desenho da cidade "las murallas remataban al norte y al sur con sendos baluartes defensivos llamados "cubos", de forma semicircular, de los cuales el segundo mencionado aún subsiste, en la Rambla Sur, frente al Templo Inglés. Cada tantos metros había baterías en la línea de defensa."
                               
Encontrei esse vídeo com uma projeção de como era o desenho na época, é pouco dinâmico, mas dá para entender melhor o formato do que com a descrição acima rs.

Se você ficou na expectativa de ver grandes muralhas, conto que encontrará apenas fragmentos como por exemplo a porta da Ciudadela que está em frente a Plaza Independencia.

E o motivo das muralhas não estarem mais marcando a cidade é digno, uma vez iniciado o período das revoluções e batalhas pela independência do Uruguay, essas muralhas representavam o domínio militar, politico e econômico do Império Espanhol na vida das pessoas, logo derrubá-las simbolizava um rompimento.

Quando as muralhas finalmente caíram, um jornal em 1829 publicou uma matéria que dizia: "Finalmente desaparecerá esse monumento que apenas oferecia à imaginação lembranças ameaçadoras e que era uma espécie de dique que tinha como barreira o progresso da população de Montevideo".

A história é muito mais rica e para quem ficou interessado em conhecer mais, encontrei um grupo que faz um tour percorrendo os rastros da muralha com guia, encenação e música! Mandei um e-mail e aguardo informações sobre custo e horários para disponibilizar aqui.

Sobre o passeio na rambla, o ponto negativo é que esse trecho está um pouco descuidado e o aspecto a principio pode não dar uma sensação de segurança.

No final de semana fica cheio de famílias na pracinha em frente ao Dique Maua, fomos muitas vezes com câmera e minha eterna cara de turista, ninguém nunca incomodou nem tivemos qualquer tipo de problema, sempre passavamos um lindo fim de tarde. 

Muro colorido do Dique Maua
                                                    
Abraço! ;)

P.S.: responderam meu e-mail e a informação é que o tour é realizado apenas no primeiro sábado de cada mês. O passeio tem duração de aproximadamente 2h e custa 250 pesos uruguaios por pessoa. 

A atividade começa em Las Bóvedas (Rambla portuária y Juan Carlos Gómez) e finaliza na Plaza España (em frente ao Templo Inglês).

Os tickets podem ser comprados no Espaço Cultural “Al Pie de la Muralla” (Bartolomé Mitre 1464) de terça a sexta das 9h às 15h ou aos sábados a partir das 10h.


13

Um pouco mais de Salto

A cidade de Salto não é um destino turístico popular entre os estrangeiros que visitam o país, em contrapartida entre os uruguaios é um destino bastante apreciado e procurado para uns dias de descanso.

Antes de conhecer meu namorado que é natural de Salto, nunca tinha escutado falar da cidade, nunca tinha lido nenhuma nota de turismo sobre o norte do país e olha que busquei muita informação quando planejei minha primeira viagem por terras charruas.

Não seria exagero dizer que as publicações especializadas só se interessam por Punta del Este, Colonia del Sacramento e Montevideo, como se não houvesse mais território no Uruguay além desse trio.

Eu continuo batendo na tecla que é uma região que já possui uma boa estrutura direcionada ao turismo e pode revelar boas surpresas aos viajantes, acho uma ótima opção para as férias em família.

Comentei sobre as águas termais de Salto nesse post, um lugar ideal para dar uma pausa na correria do dia-a-dia.

Ir para Salto e ficar nas termas já é um bom negócio, mas o lugar oferece mais.

É possível fazer enoturismo e conhecer um pouco mais sobre a região onde foram plantadas as primeiras mudas de tannat, a cepa emblemática do país. 

Você pode não ser um amante de vinhos, mas não há como ficar indiferente a um passeio por vinhedos, as paisagens são lindas e arrisco dizer até românticas rs, e acaba sendo interessante saber como é o processo de produção da bebida.

São duas vinícolas que podemos agendar visitas: a Bertolini & Broglio e a Bodega Salto Chico.  


Ambas são de pequeno porte e produzem bons vinhos, geralmente as visitas são conduzidas pelos donos ou por pessoas diretamente envolvidas no negócio, o que costuma ser mais agradável que escutar um guia repetitivo e de piadinhas prontas. 

É necessário verificar a disponibilidade antes de aparecer na porta do estabelecimento. 

Outro passeio gostoso de fazer, principalmente nos meses de calor intenso, e que deixa a criançada cheia de alegria é a visita ao parque aquático.

São dois parques na cidade: o Acquamania e o Salto Grande que faz parte do grupo Hotel Horacio Quiroga (mas lá em Salto as pessoas se referem a este como "parque aquatico" apenas, não mencionam Salto Grande ou Horacio Quiroga). 

O Parque Aquático de Salto Grande é ótimo para passar o dia e apesar de pertencer a esse grupo hoteleiro, não é necessário estar hospedado para usufruir das instalações do lugar.


A entrada custa 195 pesos uruguaios para adultos e 150 para menores entre 5 e 10 anos. Crianças até 4 anos de idade têm entrada livre.

O parque é muito espaçoso, dá para os pequenos correrem a vontade e para os não tão pequenos encontrarem a sombra de alguma arvore e aproveitar para ler, cochilar ou simplesmente ver o tempo passar.



Tem várias piscinas,  alguns toboáguas, vestiário, restaurante - mas pode entrar levando um lanchinho sem problemas - e o que achei melhor: muita hidromassagem. São várias camas para você deitar e curtir uma hidromassagem com águas termais! 




O Acquamania é vizinho ao parque termal e tem a estrutura da centrinho de Daymán em volta: hotéis, restaurantes e a parada de ônibus intermunicipal vindo de Montevideo. 

Também tem piscinas, toboáguas, brinquedos, restaurante, etc. Não sei o preço atual, mas é similar ao outro parque aquático (entre 150 e 200 pesos). 


                                                            Crédito: Fotos do site viajantes.com


Acho mesmo que vale a pena visitar os dois! 


Salto fica a 500 km de Montevideo, logo não dá para fazer um bate-volta como muita gente faz para Colonia ou Punta, por exemplo. 

A passagem de ônibus custa em torno de 135 reais ida e volta, e o trajeto dura aproximadamente 6 horas. Consultas de horários e empresas disponíveis no site da rodoviária Tres Cruces.

É possível ir de avião também, a empresa BQB Lineas Aereas faz essa viagem em apenas uma hora e quinze minutos. Os preços variam de acordo a data e antecedência da compra das passagens. Consultas disponíveis no site da companhia.

Quem tiver o orçamento folgado e quiser curtir a estrutura de um hotel 5 estrelas, o Hotel Horacio Quiroga é a pedida! O lugar é lindo, no fim de tarde tem uma vista incrível para o rio e costuma oferecer pacotes promocionais a preços competitivos. 

Se gastar com hotel não é a prioridade, há opções mais econômicas no centro da cidade de Salto ou até mesmo no centro das termas de Daymán, como por exemplo o Hotel Eldorado e Termal Daymán Caute. 

Você pode conferir outras opções de hospedagem no site de reservas Uruguay 360 e ainda fazer um passeio virtual pelas instalações. 



Alguém se animou a incluir Salto no roteiro? ;)

Abraço!

16

Delivery em Montevidéu

Pediamos comida em casa pelo menos 2 vezes por semana, nunca saiamos do combo pizza - chivito - empanada - comida japonesa.

Mas se tem uma coisa que acho chata é pedir comida por telefone! 

Aquela situação de você dizer uma coisa e a atendente entender outra, repetir o endereço cinco mil vezes, pedir um prato que não está disponível e ter que mudar o pedido em 3 segundos, para pessoas indecisas como eu que nunca sabem se querem carne, frango ou peixe, por exemplo, é um desespero!

Então meus problemas acabaram quando conheci o site Pedidos Ya: você faz o registro com seus dados e tem acesso a um mundo de opções de lugares e pode escolher o lanchinho/almoço/jantar do dia com a praticidade de um clique.

Dá para procurar por bairro ou especialidade e terminado o pedido você coloca a forma de pagamento que irá usar (dinheiro ou ticket de alimentação/refeição) e se precisa que mandem troco. 

Não há taxa de entrega, salvo se você morar fora da área que o estabelecimento trabalha, mas a busca por bairro evita justamente isso. 

É de praxe dar proprina - gorjeta - para a pessoa que entrega a comida, acredito que 20 pesos é suficiente, pelo menos sempre dava isso e ninguém nunca fez cara feia rs.

Vou deixar minha lista de pedidos favoritos para quem estiver vivendo em Montevideo e quiser pedir também, com o frio chegando agora em maio e aquela preguicinha de sair ou cozinhar que vem junto com o inverno, é sempre bom ter em mente alguns lugares que entregam comida a domicílio.

- Pizzas:

1) Don Ciccio 

Acho a melhor pizza de Montevideo, massa fininha e crocante, uma combinação de sabores no estilo mais gourmet, vale a pena experimentar! Minha preferida é a pizza parma, mas a brasileira e deliziosa têm um lugar no meu coração também.

A desvantagem é que ela é pequena e como é tão gostosa, inevitavelmente você fica com vontade de comer mais. Custa entre 250 e 300 pesos. 



2) Oliva

A melhor opção quando tinhamos amigos em casa ou queriamos comer muito, pois a pizza é enorme, sempre sobrava para o outro dia.

A qualidade é muito boa, oferece sabores mais clássicos, como a muzzarella que todo uruguaio ama, e uma combinação de sabores mais diferentes.

O preço fica em média 240 pesos e minhas escolhas eram sempre a Pizzeta Oliva, Mafiosa, Cesar ou Vito.

3) Salen Pizzas

Não é uma delicia, mas é grande e barata, custa 190 pesos! :P

A massa é diferente, feita com farinha de milho e os pedidos são feitos como nas clássicas pizzarias da cidade, ou seja, você escolhe a pizza com ou sem muzzarella e agrega o recheio - aqui chamado de gustos - que pode ser azeitona, presunto, palmito, etc.

- Empanadas:

1) Bocatti

Minha preferida! Essa coisa de empanadas no Uruguay é uma tentação, são baratas, gostosas, estão em todos os lugares e você nunca consegue comer uma só.

As empanadas que mais pedia na Bocatti: empanada criolla, chop suey de pollo, griega e capresse. Custa 40 pesos a unidade e com apenas 3 costumava ficar satisfeita.

2) D'La Ribera

Gosto muito das empanadas daí e eles tem combos que valem muito a pena, tipo compre 6 e ganhe uma empanada doce ou refrigerante.

Os sabores que mais pedia eram carioca, carne con pasas, calabresa, chop suey de pollo e verdura. A doce, chamada de pastel dulce, de chocolate e doce de leite é uma perdição!

Cada empanada custa 34 pesos.

3) Pancho Villa

As empanadas do Pancho Villa são as maiores que conheço em Montevideo! Não consigo comer 3, por exemplo. Acho a massa mais caseira, menos folhada, um pouco mais rústica que as outras, mas é gostosa também.

Gostava da empanada charrúa e guenoa. Os preços variam de acordo aos sabores e custam entre 39 e 48 pesos.

- Chivitos:

1) Guga Chivitos

Um chivito feito por quem sabe é uma das melhores coisas que podemos comer no Uruguay, eu sou fã! E o Guga Chivitos sabe fazer bem, a carne tem gosto, o pão não é massudo e chegava ainda quentinho em casa. 

O chivito mais tradicional é o canadiense (tomate, alface, carne, queijo, presunto, bacon, ovo frito, azeitona e maionese), quase nunca pedia outro sabor. 

Custa entre 145 e 180 pesos a depender do sabor escolhido.

2) Tiqui Taca

Esse não está mais trabalhando com o Pedidos Ya, mas é tão bom que até vale a pena a conversa chata pelo telefone para fazer o pedido.

O Tiqui Taca oferece opções menos gordinhas de chivitos e tem sabores pouco comuns, como por exemplo o chivito mexicano com guacamole e queijo cheddar!

- Comida japonesa:

1) Sushi Go

A comida japonesa ainda não é muito forte no mercado uruguaio, povo carnívoro  né? Quando cheguei no país haviam poucas e caras opções, por sorte o negócio anda se popularizando e aos poucos vamos encontrando mais casas de comida japonesa.

Sempre escolhi o Sushi Go pelo preço e a comida é boa, justa. 

Ah, quando ia fazer compras no mercado Tienda Inglesa acabava pegando uma bandejinha de niguiri só para não perder o costume hehe. Custa 99 pesos e não é uma delicia, mas dá para matar a vontade fácil! ;)



Só para constar, termino o post verde de fome e para minha sorte - só que não - aqui na Irlanda não tem delivery de chivito ou empanada, e comida japonesa é cara! :P


Abraço!


P.S: parece propaganda patrocinada, mas não é.

P.S.2: Esse site funciona em vários países, inclusive no Brasil, mas não sei se é tão eficiente e tem bons restaurantes associados como acontece no Uruguay. 
A sede da empresa fica em Montevideo, então volta e meia eles buscam pessoas bilíngues em português/espanhol, fica a dica para quem está correndo atrás de emprego também! ;)
7

Camping no Uruguai

Uma prática muito comum no Uruguai é acampar no verão.

Há vários campings espalhados pelo país, muitos oferecem uma estrutura para deixar a atividade mais confortável, como por exemplo corrente elétrica, churrasqueiras, chuveiros e pias para lavar roupa ou louça e ainda espaços comuns de lazer.

E se engana quem pensa que é uma atividade reservada aos jovens mais aventureiros: há famílias inteiras curtindo os dias de calor nesses lugares.

Mais que economizar uma graninha, passar uma temporada em camping é um estilo de vida. Tem gente que não troca essa experiência por nenhum quarto de hotel! 

Os mais aficionados investem em barracas, equipamentos, casas rodantes, trailers ou motorhomes.

Antes de viver no Uruguai só tinha dormido em barraca duas vezes, não posso nem chamar como uma experiência de acampamento rs! 

Já meu namorado cresceu fazendo isso no paisito, a família dele tem uma casa rodante fofa e as lembranças das vacaciones deles sempre envolvem os dias nos campings.  

E ele me convenceu a ir acampar também, cheguei a pensar que não ia curtir o passeio, pensava na areia, no sol, como ia tomar banho, secar o cabelo e um monte de bobagem. 

Não contava com a astúcia dos uruguaios, né? 


Fiquei impressionada com toda a estrutura que eles montaram em volta da casita rodante: uma barraca enorme onde eu podia ficar em pé e trocar de roupa sem passar aperto, lonas que faziam um teto e dava sombra todo o dia, uma mini cozinha com fogão, forno e caixa térmica (além do frigobar dentro da casita), uma rede (conhecida aqui como hamaca paraguaya) amarrada nas árvores, rádio, mesas e cadeiras.

  

A hora do banho também foi tranquila, o camping tinha banheiros femininos e masculinos com água quente. Também consegui secar o cabelo com tranquilidade. Não sofri com mosquitos nem com calor para dormir (na verdade faz é frio a noite e o calorão de meu Deus começa só depois das 10h).

O clima estava tão bom, tão férias na praia que um dia até preparei uma moqueca para 6 pessoas com peixe comprado fresquinho no porto! Surpreendentemente o prato baiano agradou todo mundo rs! :P



Aproveitei o verão em La Paloma de um jeito novo e posso imaginar outros verões assim. 

Abraço!
13

3 palavrinhas...

Como vocês já sabem, estou morando na Irlanda para melhorar o inglês, coisa e tal... mas contrariando as expectativas, ainda sigo falando em espanhol na maior parte do tempo.

Daí essa semana percebi que pode o tempo passar, pode o mundo girar rs e vou continuar pronunciando essas três palavrinhas como se fosse a primeira vez:

1) Desplegable
2) Verdulero/Verdulería
3) Rurales

Porque dizer essas palavras assim como um ditado da escola, é moleza! Penso, respiro e elas saem bonitinhas, mas aplicá-las numa conversa comum é certo que termino gaguejando! :P

Em minha cabeça funciona como um trava-línguas, quase como uma prova de gincana, quando digo frases assim:

- Sentate en esta silla desplegable!
- El verdulero de la verdulería de la esquina dijo que...
- Las ferias rurales ya fueron más divertidas.

As vezes é mais fácil sair cantando por aí meu trava-línguas preferido em espanhol "Pablito clavó un clavito, ¿qué clavito clavó Pablito?".

Acontece com vocês também? Quais palavrinhas custam pronunciar em espanhol?

Abraço! ;)


9