Curiosidades do cotidiano 3...

Faz tempo que não escrevia sobre as pequenas diferenças do cotidiano, me divirto observando e compartilhando esses detalhes que costumam chamar minha atenção. 

Mas acho que já ando perdendo aquele olhar aguçado do novo e deve ser o processo natural de adaptação, né?

Vamos lá para mais uma listinha de 3 curiosidades:

1- Comemoração dos recém-formados

Cada vez que um amigo termina a faculdade me assusto com as fotos que aparecem no facebook: todo mundo posando feliz e orgulhoso com muita sujeira no corpo rs! 

Lembro quando eu era criança e as pessoas costumavam dar ovada no aniversariante, nem sei se ainda existe isso no Brasil. 

Aqui quando alguém se forma, a comemoração é pior do que a tal da ovada, qualquer coisa pode ser jogada no formando: ovo, molho de tomate, farinha, azeite, café, tinta, etc.

É como um ritual de transição que a maioria gosta de participar, eu acho bem estranho rs.

Quando digo que no Brasil não há essa tradição ao final do curso, as pessoas ficam surpresas. 

Aí comento que festejamos o ingresso à universidade raspando a cabeça dos rapazes e nas primeiras semanas do curso havia o trote com os calouros e as pessoas ficam bem confusas com essa informação (no meu tempo meus amigos ficavam carequinhas e tinha trote... é, estou ficando velha, entrei na faculdade há 10 anos atrás).

Sempre me perguntam qual a graça de comemorar que entrou na faculdade, qual a grande conquista do ato e tenho que explicar que o ensino superior no Brasil não é lá tão universal e essa conversa provoca boas reflexões a respeito dos dois países, mas isso já é outra história rs.

Em Montevideo toda essa sujeirinha acontece nas ruas, na porta das faculdades ou lá no Mercado do Porto que é uma área bem turística, então não estranhe se estiver curtindo uma boa parrillada e avistar pessoas com comida no corpo, é um novo profissional celebrando uma vitória! ;)

Nesse vídeo vocês conseguem ter uma ideia de como é esse momento:



2- Dia de chuva

Um dia de chuva no Uruguay quer dizer dia de comer torta frita, seria como nosso bolinho de chuva.

Sempre que chove, escuto alguém falando "que lindo dia para comer torta frita". 

Não sei quem inventa essas coisas, mas elas pegam nas pessoas rs! 

E claro, já comi a bendita em dia de chuva também... e não é que agora faço coro aos que afirmam que a chuva dá um gostinho especial?

                                      Fila na barraquinha de torta frita num dia frio rs!


3- Do interior

Tenho muitos amigos que nasceram e cresceram no interior do país, geralmente eles vêm a Montevideo fazer faculdade e vejo que a maioria carrega um orgulho enorme da sua terra de origem.

As vezes sinto até que fazem questão de diferenciar-se dos montevideanos, seja com um vocabulário de gírias próprias ou sotaque do interior que permanece mesmo após viver anos e anos na capital. 

Eu como estrangeira quase nunca percebia essas diferenças, aos meus ouvidos todo mundo falava igual, mas hoje em dia já consigo notar alguns detalhes e de tanto andar com o pessoal do interior, acabo incorporando certas expressões e eles se divertem me escutando falar como caipira.


Abraço! ;)

5 comentários

  1. Respostas
    1. Olá!

      Sim, continuo na Irlanda.

      Como comentei em outras oportunidades, tenho uma pasta com uns 20 e poucos textos para publicar, alguns escritos quando ainda estava em Montevideo, outros incompletos e aos poucos vou editando e publicando.

      Por isso em alguns textos escapam alguns "aqui", "hoje", "ontem", etc! :)

      Abraço!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Mile! Parabéns pelo blog, estou adorando! Vou numa viagem curtinha a MVD e Punta no início de setembro. Em Punta será nossa primeira vez e vamos de carro desde o aeroporto. Te pergunto: onde podemos parar no caminho até lá? Almoçar em Piriápolis vale a pena? Onde? Vi uma dica de restaurante. Vc ainda recomenda este mesmo? Ficaria muito feliz c uma resposta sua!! Boa sorte por aí e, mais uma vez, parabéns pelo blog! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Clarice!

      Muito obrigada pela gentileza! ;)

      Uma parada em Piriapolis sempre vale a pena rs! Já tenho mais de 6 meses sem ir ao restaurante, mas ainda assim arriscaria a recomendação, é um estabelecimento que já funciona há certo tempo, então não acredito que a qualidade tenha mudado.

      Outra opção para o almoço pode ser Atlantida (fica logo depois de Mvd, antes de Piriapolis e Punta), costumava comer no Don Vitto, que vende de carne a frutos do mar e hambúrgueres, se viaja com adolescente talvez seja mais fácil de agradar rs.

      Depois me conta como foi a viagem!

      Abraço!

      Excluir