Bate e volta: Um dia em Piriápolis

A semana inteira foi de veranillo, como eles chamam quando o inverno vira verão. Comentei no Instagram que os viajantes que chegaram recentemente devem ter me achado super exagerada falando que agosto era um dos meses mais frios no Uruguai.

As temperaturas passaram dos 20 ℃ todos esses dias, declararam o inverno mais ensolarado dos últimos anos e o humor das pessoas registrou picos de alegria fora de época: todo mundo resgatando as roupas de meia estação e indo aproveitar o calorzinho na rambla.

Melhor do que isso só fechar o fim de semana com feriadão na segunda-feira. E não é que 25 de Agosto é feriado nacional? Nem o mais otimista imaginaria um cenário melhor. 

Todos os pensamentos nos levaram a planejar uma viagenzinha, mas não achamos sensato no alto das 36 semanas e meia de gravidez ir muito longe da maternidade rs. 

E aí para não ficar em casa vendo o feriadão passar, decidimos fazer um bate-volta para algum lugar pertinho de Montevidéu, pensamos logo em Piriápolis.

Acho a cidadezinha encantadora, um destino que sempre recomendo quando me perguntam quais lugares incluir na visita ao paisito

Recomendo tanto para passar alguns dias, quanto para desfrutar uma tarde ou simplesmente para fazer uma parada no caminho a Punta del Este: o balneário funciona bem para os diferentes tipos - e tempos - de viagem.

Então no sábado pegamos a estrada rumo a Piriápolis, demoramos um tanto a sair de casa porque a animação do veranillo se viu abalada pela possibilidade de chuva, só se falava da iminente tempestade depois da bonança. 

E quando finalmente chegamos lá, me desanimei de cara, não pela chuva que ameaçou cair, mas pelas obras na rambla. 

Tinha esquecido totalmente que estavam colocando em prática o projeto da nova orla e encontramos um quebra-quebra na avenida principal com trânsito desviado e tudo mais.

Não rolava andar pela orla nesse trecho, eu queria sossego e brisa de mar, aí resolvemos tentar a sorte nos afastando mais do centro e do porto de Piriápolis. 


Seguimos em direção a Punta Negra e escolhemos o restaurante El Ranchonda para almoçar: que alegria! 

O restaurante tem aquela simplicidade acolhedora que te faz sentir bem, há verde em todos os lugares, nas paredes, decoração e plantas que cercam a casa. 

Por casualidade ou não, entramos e começou a tocar Gilberto Gil, um clima mais chill out impossível ao som de Refazenda, Esotérico e outros clássicos. 

Faltava só a comida ser boa! E era, na verdade era uma delicia. Comemos lindamente e fomos muito bem atendidos. Os ingredientes são frescos, pedi um peixe com creme de finas ervas e vi o rapaz indo pegar as ervas na horta dos fundos, aquela coisa dos detalhes que fazem a diferença.

Onde comer e dicas de Piriápolis Uruguai

Vale muito a pena esticar o passeio a Punta Negra e almoçar no El Ranchonda, não é tão fácil de achar, mas seguindo sempre pela rua da praia vai chegar um momento que encontrará a placa indicando a rua que entra para o restaurante.

Passamos o resto da tarde na praia lá em Punta Negra mesmo, num lugar que era ponto dos surfistas. Admiro a coragem de entrar na água congelada rs. Fiquei satisfeita só por andar descalça na areia e conseguir tirar umas fotos exibindo o barrigão! :)


Voltamos antes do sol cair pensando no chá da tarde no belíssimo Hotel Argentino

Na verdade, me empolguei no relato do passeio e a coisa ficou subjetiva demais, mas se tem duas atividades que acho imperdíveis em Piriápolis, são essas:

  • Subir o Cerro San Antonio de teleférico (chamado aerosillas)
  • Tomar o chá da tarde no Hotel Argentino 
O Cerro San Antonio já comentei nesse outro post e se estas imagens não te convencerem da razão de ir lá em cima, palavras não serão suficientes.

Bate-volta em Piriápolis desde Montevidéu

O teleférico é seguro, dá impressão que balança loucamente e é super alto, mas acho tranquilo. Se você não encarar a subida de jeito nenhum, ou chegar num dia que estiver fechado (costumava ser às quartas-feiras), é possível chegar ao Cerro de carro ou andando.

E o chá da tarde é uma dica que pouca gente conhece, o Hotel Argentino é magnífico e tem dois salões com vista ao mar (e consequentemente para o espetáculo que é o por do sol), um funciona apenas para hóspedes e outro está aberto ao público em geral.

Dica e o que fazer em Piriápolis Uruguai

Você pode ir lá, conseguir uma mesa na janela e curtir todo o visual tomando um chazinho e comendo alguma coisa gostosinha com muito doce de leite. Parece coisa de filme rs.

Nos distraímos com tanta belezura no caminho e não chegamos para o fim de tarde no hotel, nos despedimos do sol em algum canto da rambla mesmo e voltamos para Montevidéu gratos pelo dia.

O que fazer em Piriápolis no Uruguai
Dicas de bate-volta desde Montevidéu
Lugares para visitar no Uruguai
Piriápolis numa tarde
                                                              Fotos do fotógrafo da casa! :)

Me excedi nas fotos, mas não dava para ser diferente, muita coisa linda nessa tal de Piriápolis rs. 

E vocês, topam fazer o bate-volta?

Abraço! ;)

21

Qual moeda levar para o Uruguai?

Na hora de preparar a viagem ao Uruguai é comum as pessoas se perguntarem qual moeda levar, já escrevi sobre esse tema lá no comecinho do blog e volto a tocar no assunto porque ainda é uma dúvida constante dos viajantes.

Afinal, qual moeda é melhor trazer para as férias no Uruguai, compensa mais viajar com dólares ou reais?

Eu continuo achando que trazer reais é a opção mais conveniente, salvo se você já tiver dólares debaixo do colchão! :P

Qual moeda levar para o Uruguai

No Uruguai é super fácil trocar moedas, há muitas casas de cambio. 

Aqui em Montevidéu, por exemplo, em praticamente todos os bairros há um local, e não falo só dos bairros com movimento de turistas, então encontrar um lugar para trocar dinheiro não será uma tarefa complicada.

Vocês vão encontrar as redes Abitab e RedPagos que são como nossas casas lotéricas e também casas de cambio autorizadas, é muito prático trocar reais por pesos uruguaios - não é necessário apresentar documento ou perder tempo em filas - e também seguro, nunca vi problema de notas falsas ou aquele pessoal suspeito gritando 'cambio,cambio' no meio das ruas como acontece na vizinha Buenos Aires. 

A cotação sempre apresenta uma pequena variação de um estabelecimento a outro, então é interessante dar uma volta e ver qual lugar oferece o melhor valor (levamos em consideração o valor que diz 'compra'). 

Uma dica é perguntar quanto pagam para trocar X reais, geralmente funciona para ganhar uns centavinhos a mais se você tiver um valor considerável a trocar (claro que não vão fazer um melhor preço se você chegar com 50 reais para trocar, mas com 500 dá para tentar negociar).

Hoje, 20 de agosto de 2014, a cotação do real - peso uruguaio está oscilando entre 9,10 e 9,60, ou seja, com um real você compra quase dez pesos uruguaios. 

É comum as pessoas enviarem e-mails perguntando qual a cotação do dia, mas eu não faço cambio todo dia para manter-me sempre atualizada, né? 

Logo, é melhor antes da viagem cada um checar essa informação nos sites de bancos e casas especializadas, deixo alguns links para facilitar a consulta: Cambio 18, Brou, Varlix, Cambilex.

Tem mais dicas sobre a troca de moedas nos posts F.A.Q e Comprando Pesos Uruguaios.

Boa viagem! ;)

25

Restaurantes Vegetarianos em Montevidéu

Eu não sou vegetariana, tampouco vegana, mas tenho um certo encantamento pelo mundo dos grãos, cereais, frutas e vegetais. 

Não apenas por filosofia de vida, gosto do gosto mesmo.

Mas sempre tive muita dificuldade de achar opções vegetarianas em Montevidéu que saíssem da linha comum do trio 'alface-tomate-cenoura ralada', então acabava apostando na minha criatividade e nas idas à feira do bairro para bancar a chef da cozinha aqui de casa.

Dá para imaginar que achar a melhor carne em Montevidéu não é exatamente um desafio, as parrillas são clássicas, apetitosas e estão em toda parte. 

Agora encontrar um lugarzinho bacana com propostas diárias de menus verdes, saudáveis e gostosos é outra história.

Aí você, amigo vegetariano, já deve estar se perguntando como irá passar as férias driblando as ofertas de 'asado' na cidade.

Vou te dar uma mão e contar sobre cinco lugares onde você poderá fazer sua refeição vegetariana com dignidade rs! :)


1- La Papa - Parque Rodó

O La Papa carrega o título de primeiro restaurante vegano de Montevidéu.

É o lugar que desafio qualquer pessoa que faz cara feia quando escuta falar de comida vegetariana/vegana porque ainda acredita que tudo se resume a folhas e coisas sem graça.


O cardápio não é imenso, mas você pode levar um tempo para decidir o que pedir, basicamente tudo que oferecem dá vontade de comer: tem vários tipos de saladas, quinoa ao curry, seitan com pesto de tomate seco e amêndoas, strogonoff de cogumelo e hambúrguer de lentilha.

E quando a comida chega na mesa não decepciona: pratos bem servidos com cheirinho bom e sabor. 

O restaurante é simples, mas tem personalidade e é bem agradável, fica no fundo de uma casa antiga e de fachada bonita ali no Parque Rodó (subindo umas quatro quadras desde o pedalinho do parque). 

Comida vegetariana em Montevidéu
Restaurante vegetariano em Montevideu
Daqueles lugares que se enquadram no perfil bom, bonito e barato, sabem? Dá para fazer uma refeição a partir de 100 pesos, coisa rara em Montevidéu.

Endereço: Gonzalo Ramírez, número 1972 (esquina Jackson).

2 - La Fonda - Ciudad Vieja

Esse restaurante não é vegetariano, mas é um achadinho próximo ao famoso Mercado del Puerto e todas as suas carnes que oferece sempre um 'menu vegano' bem interessante entre as opções do dia. 

O lugar é pequeno, tem umas seis ou sete mesas e apenas duas pessoas trabalhando: o chef e o garçom que recebe os clientes, anota os pedidos, leva os pratos, faz a conta e dá o troco. O atendimento demora, mas é super simpático e agradável. 

A cozinha fica no meio do salão e a gente vê o chef em ação o tempo todo, entre um prato e outro preparado ele puxa papo com todo mundo. 

É uma proposta diferente, relaxada, para ir sem pressa, não dá para sentar às 15:15 pensando em chegar a tempo da visita às 16h no Teatro Solís, por exemplo. 


Onde comer comida vegetariana em Montevidéu

O 'menu vegano' varia diariamente e tem todos os ingredientes oriundos de uma hortinha orgânica, além disso prometem - e cumprem - servir um prato rico em sabor, bem condimentado.


Comida vegana em Montevideu

Provamos uma opção que tinha mix de folhas (espinafre, folhas de beterraba e outras), trigo burgol e vegetais assados.

Endereço: Perez Castellano, número 1422 (esquina 25 de Mayo).


3- La Vegetariana - Pocitos

É um clássico na cidade, um restaurante antigo especializado em comida vegetariana.

É uma opção se a ideia é uma comida do dia a dia mesmo, não é um lugar que eu penso para ir 'comer fora', é mais um lugar que tenho em mente para aquele almoço de todo dia no intervalo do trabalho. 


O cardápio não traz muita novidade, é um restaurante de buffet por kg com opções vegetarianas, você vai enchendo seu prato, no final condimenta como quer e voilá.


Endereço: Libertad, número 2729 (esquina Av Brasil).



4- Espacio Samsara - Ciudad Vieja

Também funciona como buffet, mas com uma proposta menos careta.

O restaurante fica no meio da Ciudad Vieja, sendo uma boa pedida para o almoço enquanto fazemos o roteirinho turístico do dia.


Digo que a proposta é mais criativa que os tradicionais buffets porque entre as opções podemos encontrar também coisas assim: feijoada com proteína de soja, strogonoff de seitan, risoto de espinafre e cogumelo, etc. 


O local é pequeno e simples, a comida acaba relativamente rápido, então é melhor chegar cedo para pegar a mesa farta rs.

Endereço: Zabala, número 1316 (entre as ruas Sarandí e Buenos Aires).

5 - Namasté Veggie Bistró - Pocitos

Ainda não conheço o Namasté, não posso falar muito, mas já ouvi comentários super positivos e outros não tão animadores.


Além da comida - vegetariana com toque oriental - eles oferecem um ambiente descontraído e algumas noites há música ao vivo.


Achei interessante colocar como opção para quem quiser se aventurar e conferir se vale a pena ou não. 


Endereço: Bulevar Artigas, número 1176. 


******************

Antes de terminar, vou fazer uma listinha básica com os nomes em espanhol de alguns ingredientes que costumam aparecer no menu para ajudar na hora de fazer o pedido:


  • Alface - Lechuga
  • Abóbora - Calabaza / Zapallo
  • Abacate - Palta
  • Alho poró - Puerro
  • Beterraba - Remolacha
  • Berinjela - Berenjena
  • Batata - Papa
  • Batata doce - Boniato
  • Cenoura - Zanahoria
  • Espinafre - Espinaca
  • Gergelim - Sésamo
  • Manjericão - Albahaca
  • Milho - Choclo
  • Pimentão - Morrón

Fiz uma seleção de restaurantes em pontos diferentes da cidade e espero que facilite a vida do turista vegetariano! ;)

Ando numa fase comilona e vou postando dicas de lugares para comer - e outras - no perfil do Instagram, muita coisa antes de aparecer aqui no blog, aparece em primeira mão lá, então quem quiser acompanhar as novidades é só procurar @viver_uruguay na rede.


Abraço!


31