A Fortaleza del Cerro: Mirante e museu

Uma atração que fica um tanto isolada, meio fora de mão para combinar com outros passeios, mas que guarda muitas curiosidades sobre a época colonial do país e oferece uma vista da cidade que compensa cada minuto do deslocamento.

Dicas de Montevidéu

A Fortaleza del Cerro é um museu militar que fica no ponto mais alto da cidade (134 metros sobre o nível do mar), o único morrinho que a gente vê com facilidade nessa Montevidéu predominantemente plana.

Pela localização privilegiada com vistas à baía, nos primeiros anos de 1800 foi construído um farol que servia como ponto de observação e controle do território, além das constantes ameaças portuguesas, a cidade foi alvo também de invasões inglesas, que levaram a construção de uma fortaleza em volta do farol.

A área hoje abriga o Museu General Artigas que fica aberto ao público de quarta-feira a domingo no horário das 10h às 16h. A entrada custa 60 pesos uruguaios e no acervo histórico encontramos vários documentos, mapas, uniformes, canhões, etc.

Fortaleza del Cerro em Montevidéu

Fortaleza del Cerro em Montevidéu

Fortaleza del Cerro em Montevidéu

Fortaleza del Cerro em Montevidéu

A fortaleza é um mirante que mostra Montevidéu com a zona portuária em primeiro plano, o que dá um toque único, a cidade aparece com outra cara.

Muita gente me pergunta se vale mais a pena o mirante da prefeitura ou do cerro e não dá para responder qual vista é mais bonita, as panorâmicas que encontramos em cada ponto são bem diferentes.

Fortaleza del Cerro em Montevidéu

Fortaleza del Cerro em Montevidéu

Para quem está com as horas contadas, o mirante da prefeitura é mais prático, está ali no meio da Avenida 18 de Julio onde todo turista vai passar sem fazer esforço.

A fortaleza vale para quem tem tempo de sobra ou já conhece a cidade e quer um passeio diferente, também se encaixa bem no roteiro de domingo quando os turistas têm dificuldades para encontrar atrações abertas.

* Spoiler: vai ter post especial com dicas para o roteiro de domingo em Montevidéu porque eu sei que vocês gostam, presentinho do mês de aniversário do blog e já aproveito o espaço para fazer jabá do nosso guia com roteiros completos para 5 dias que pode ser adquirido aqui.

E para terminar, levem em conta que o bairro do cerro não é o mais seguro da vida, não é um lugar para flanar perdido procurando um lugarzinho para comer depois da visita nem para ficar bancando o turista andando com a camera giga pendurada no pescoço.

Mas na área da fortaleza é relativamente tranquilo, é uma área militar, em volta da construção tem muito verde e no fim de semana fica cheio de gente aproveitando o dia.

Você pode chegar lá de ônibus, veja em qual parada tem que descer - dá para checar no app Cómo Ir da prefeitura - e na dúvida peça ajuda ao motorista (apesar de eu achar MELHOR pegar um táxi na Ciudad Vieja, desde o Mercado do Porto a corrida não é muito cara, não deve custar mais de 30 reais e aproveite para combinar a volta ou tenha o app da Easy Taxi ou Ubber instalado no celular).

Nenhum ônibus vai te deixar na porta da fortaleza, lembra que eu falei que fica no topo do morro? Então, todo ônibus vai te deixar a umas 3, 4 ou 5 quadras e aí é perna pra que te quero até chegar na entrada do museu.

Endereço: Avenida José Batlle y Ordoñez, 12800.

Bom passeio! :)


10 comentários

  1. Olá gostaria de saber, se procede uma onda de criminalidade em montevidéu. Estamos nos preparando para residir em montevidéu, mas pelos noticiários parece estar alta, a taxa de criminalidade. Já visitamos montevidéu por isso decidimos residir ai, com os problemas no Brasil nos parece a melhor saída. Procede essa alta taxa de criminalidade, ou um pouco é exagero dos meios de comunicação!!! Grata se puder, tirar essa minha dúvida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Montevideo é a capital, concentra mais da metade da população do país, ou seja, é um grande centro urbano (sim, grande!) e enfrenta seus problemas de criminalidade e outros mais.

      Não há exagero nem apocalipse, não sou refem do medo, mas também não vivo com sensação plena de segurança (nunca vivi, inclusive. A ideia que a cidade não tem problemas e está a anos luz do Brasil é sonho de turista).

      Excluir
  2. É possível visitar a Fortaleza sem ir no museu? Ou realmente a Fortaleza/Museu é aberto apenas nesses dias e horários (quarta-feira a domingo no horário das 10h às 16h) ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gustavo! Sim, você pode visitar apenas a area da fortaleza, mas eu não recomendo, é mais seguro e interessante visitar o museu, curtir a vista de dentro da fortaleza mesmo.
      E abre só nesses dias, não encaixa no seu roteiro? Tem outros mirantes na cidade, como o da prefeitura, do estadio centenario e torre antel.
      Abraço! :)

      Excluir
  3. OI, estive na Fortaleza. Fui numa quinta-feira, não sei se neste dia é grátis, mas não paguei nada para entrar. Fui de ônibus, achei bem tranquila a subida, não dei mole com meus equipamentos fotográficos, estavam todos dentro da bolsa, porém não vi nada demais no bairro, é apenas um bairro de periferia. Realmente a vista lá de cima vale a pena e o museu é espetacular.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Herik! Que ótimo você teve uma boa experiência visitando a fortaleza, estranho não terem cobrado (vc entrou no museu?), a vista é realmente maravilhosa! :)
      E quanto ao bairro, talvez para nós brasileiros pareça só um bairro humilde, mas quem vive na cidade sabe que é uma zona crítica, mesmo visualmente parecendo 'tranquilo'.
      Mas assim, tomando cuidados básicos de andar com os pertences guardados como vc fez e tendo o caminho traçado (não ficar perdido flanando) não tem drama, eu só não posso deixar de alertar.

      Excluir
  4. OI Mile!

    Seu alerta é super válido, tanto que tomei as precauções de guardar meus equipamentos e já ter minha rota traçada por conta disso. Quando o Çonibus atravessou uma ponte sobre um rio poluído ja vi a diferença mas, para quem esta acostumado a passar por "comunidades no Rio de na baixada" a região do Cerro pareceu fichinha. Mas vale o alerta, até porque é uma região bem deserta, vi poucas pessoas na rua, então se tentarem fazer algo não há pra quem você gritar socorro.
    Entrei no museu e não me cobraram nada, vi a Cápsula do Tempo e tudo mais.
    Um passeio que valeu a pena, pena que muitos turistas o deixam de fazer. Li em diversos blogs que em 2 dias se desbrava Montevideo.Eu fiquei exclusivamente em Montevideo 7 dias e confesso que muita coisa não vi. Gosto de viver a cidade, pena que desta vez estava com pouco tempo para a viagem. Adorei Montevideo, a região do Parque Rodó achei incrível. Que qualidade de vida tem quem vive em Montevideo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! :)
      Olha, o blog nasceu e permanece ativo por conta desse mito hehe. Fico louca da vida quando vejo gente dizendo que não tem muito o que fazer, que uma tarde é suficiente para conhecer 'tudo' e o outro dia fica livre para 'repetir' o que gostou, descansar ou visitar uma vinícola, não faz o menor sentido hehe.

      Excluir
  5. Sensacional a visita na fortaleza, um passeio indispensável para quem visita a cidade

    ResponderExcluir
  6. Devera ter cuidado , poi é um bairro periférico, valeu a dica para ter cuidado, fui muito bem atendido pelo oficial do exercito que estava de plantão

    ResponderExcluir