Roteiro em Montevidéu: Tour de Comidas Locais

Há uns meses estive em Cartagena e fiquei empolgada com um tour bem comum que ofereciam por lá: o street food tour.

Tratava-se de um passeio pelas ruas da cidade acompanhado de um guia local que ia apresentando as iguarias típicas, aquelas comidinhas simples de todo dia mesmo, nada de raio gourmetizador dando pinta, a graça da proposta era provar produtos do cotidiano deles que são vendidos sem muita cerimônia nas ruas, basicamente nos tabuleiros, carrinhos e postos de vendedores ambulantes, como frutas, sucos, pães, frituras, doces, etc. 

Achei genial a ideia, pois acredito que a comida diz muito sobre os lugares.

Ok Jamile, bonita história, mas o que isso tem a ver com o Uruguai? Tem que eu comecei a pensar porque não rolava algo parecido no paisito e fiquei imaginando quais petiscos entrariam se houvesse uma versão charrúa da coisa.


E aí, amigos, da escolha imaginária das comidas já passei a criar um circuito turístico bem guloso e gostoso em Montevidéu. 

Um street food tour adaptado à realidade uruguaia que não pulula com tabuleiros e vendedores ambulantes nas esquinas, vale dizer, mas tem lá seus sabores corriqueiros e tradicionais que encontramos vez ou outra nas ruas e mais frequentemente nas padarias, pizzarias e parrillas de bairro.


Nosso passeio começa na Ciudad Vieja - nesse ponto você pode adaptar e incluir outras paradas em museus, praças, igrejas e tal - e segue rumo aos dois principais mercados da capital: Mercado del Puerto e Mercado Agrícola.

Preparados? Simbora! :)

  • Primeira parada: Padaria 25 de Mayo (Calle 25 de Mayo, num 655, Ciudad Vieja)
O que pedir? Masitas, yo-yo, ricardito, margaritas, bizcochos, empanadas e tudo mais que te apetecer dessa vitrine maravilhosa.

Os bizcochos lembram croissants e encontramos na versão doce e salgada. Peça as duas. Os recheios mais comuns são de queijo e presunto ou doce de leite e marmelo (chamado de membrillo).



  • Segunda parada: Mercado del Puerto (Rambla 25 de Agosto, Ciudad Vieja)
O que pedir? A ideia não é parar para almoçar e sim provar diferentes opções ao longo do dia, logo a sugestão é sentar no balcão da parrilla que você achar mais bonita e pedir uma entrada e um acompanhamento clássico: boniato glaseado e chorizos


E para o momento #bonsdrinks vá com a bebida típica do mercado: medio y medio. Ou aproveite para pedir uma taça de vinho tannat, a uva mais premiada dessa região.

O boniato é a batata doce laranja super comum no Uruguai (aquela do Brasil com a casca clara, por exemplo, nunca vi por essas bandas), é uma delícia essa preparação glaseada, docinha na medida certa. 

E o chorizo é como a linguiça/chouriça e geralmente é servido já cortado em rodelas. É a primeira coisa da parrilla que fica pronta e nos churrascos uruguaios funciona como entrada junto com umas galletas, pão ou puro mesmo.

Se você estiver preparado para um nível hard de degustação, experimente a morcilla, aquele chorizo preto feito - dentre outros ingredientes - com sangue coagulado. Confesso que eu demorei a provar, achava bizarro. Tem a versão doce e a tradicional, recomendaria a tradicional, a doce acho que só nascendo uruguaio para descer redondo hehe.

E o medio y medio é uma mistura de vinho branco e espumante. Se gostar, aproveite para garantir já uma garrafa nas lojinhas do mercado.


  • Terceira parada: Mercado Agrícola (Calle José L. Terra, num 2220)
A melhor forma para ir de um mercado a outro é de táxi ou uber, a corrida não custará caro, é um trajeto de apenas 4km. Dá para ir de ônibus, mas por questão de segurança não recomendo que fiquem flanando procurando o ponto nem esperando ônibus nas imediações do mercado.

Se o orçamento estiver apertado, diria que saiam do mercado e andem até a 18 de Julio pelas peatonales (ruas de pedestres) para pegar o ônibus nessa avenida que é mais movimentada, nas quebradas ali das ruazinhas da Ciudad Vieja perto do Mercado do Porto não é bom negócio ficar perdido nem esperando.

Agora voltando às comidas: o que pedir? O céu - aka sua pança - é o limite. 

O mercado apesar de não ser enorme tem uma variedade grande, a estrutura é excelente, tem corredores amplos, é fechado, climatizado e tudo limpinho.

Meu lugar preferido para fazer a feira, então espere encontrar frutas, verduras, carnes, produtos in natura e lugares para sentar e comer.

Eu recomendaria comprar frutas, não que sejam exóticas ou que não encontremos no Brasil, mas as laranjas, os pêssegos, mirtilos e morangos do Uruguai são tão saborosos que se eu fosse você não perderia a chance.

A outra sugestão de comida é pizza com fainá. Corra para a pizzaria El Horno de Juan e faça seu pedido.

Explico, a pizza uruguaia tradicional é quase sempre disposta numa forma retangular com a massa mais grossinha e a preferida acredito que deve ser a muzzarela. 

Repare, eu disse a muzzarela e não de muzzarela hehe. 

É que no Uruguai eles chamam pizza de muzzarela, as duas palavras são quase sinônimos, é comum abreviar tudo por 'una muzzarela con un/dos/tres gustos' na hora de fazer o pedido.

A base dessa pizza é molho de tomate e queijo, e você adiciona os recheios - chamado gustos - que quiser e pode ser presunto, azeitona, palmito, etc.

No cardápio vocês sempre vão ver muzzarela e o preço com um, dois ou três recheios diferentes. A pizza mais tradicional aqui é desse jeito, dificilmente elas têm nomes como nossa pizza portuguesa que em toda pizzaria é composta pelos mesmos ingredientes (óbvio que tem pizzarias mais modernas que fazem massa fina, redonda e tem sabores já formados no cardápio, mas a clássica é como comentei acima).

Não estou muito segura se consegui explicar direito, deixo aqui o comercial da Conaprole que faz referência a essa forma uruguaia de pedir a pizza:



Já o fainá é uma massinha crocante bem fina feita de grão de bico. O fainá e a pizza são servidos separados, mas a graça é pegar um pedaço do fainá e colocar em cima da fatia de pizza e morder tudo junto. 

Parece estranho, mas é gostoso, juro! Experimentem e me contem depois, porfa!


E para combinar só falta a cerveja, né? Esqueça a Patrícia, Norteña e afins, é tempo de provar um pouco da produção artesanal uruguaia. Em frente ao Horno de Juan está a cervejaria Mastra com muitas opções deliciosas.

Se é a primeira vez que você prova uma cerveja artesanal, vá de larger/rubia, elas são mais suaves comparadas com as cervejas comerciais.


Ainda tem espaço para outra gostosura da terra? Tem chivitos com batata frita e empanadas no mercado! #yummy

Chivito com batatas rústicas, mas esse eu que fiz! :)


Para terminar, não dá para pensar em comida de rua uruguaia sem falar das tortas fritas. É o pastel de vento com nada dentro mais querido dessas bandas. 

Sabe nossos bolinhos de chuva? Aqui quando chove sempre - seeeeempre - vai aparecer alguém dizendo 'uh, que lindo para umas tortas fritas'.

No fim de tarde é bem comum ver uns carrinhos vendendo em diferentes pontos da cidade, se deixe guiar pelo cheiro de fritura rs. 

Na porta do mercado vejo com frequência uma senhora com um carrinho vendendo. Se no dia que fizer o roteiro você não encontrá-la na saída, não se preocupe, em algum momento da viagem você vai achar as benditas tortas fritas e garrapiñadas, outro clássico das ruas feito com amendoim confeitado (primeira foto do post).

E claro, se der um pulo no Parque Rodó, o churros de doce de leite das casinhas perto dos brinquedos é simplesmente imperdível!

Um roteiro para conhecer o Uruguai através dos mercados e comidas, espero que gostem e se joguem sem medo das calorias! :)

Abraço!

19 comentários

  1. Parece tudo maravilhoso, difícil deve ser escolher. Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  2. Amei o seu blog! MUITO BACANA! é minha primeira vez em montevideu vc pode me dizer quanto custa o boniato glaseado e chorizos. ? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Sandra! :)

      Fica entre 150 e 300 pesos a porção.

      Abraço!

      Excluir
  3. Bom seu blog! Eu gostaria de abrir uma conta bancária no uruguai (pessoa física), ouvi dizer que é possível.. vc sabe alguma coisa sobre o procedimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Recomendo consultar o banco de interesse...

      Excluir
  4. Teu blog é demais! Continue assim que é quase impossível melhorar! Já fui pro uruguai, e voltarei ano que vem...eu acho que em março tirarei férias e pretendo levar a minha namorada. Uma pergunta, pretendo ir de carro e parar em Sacramento e atravessar de buquebus. Tem estacionamento bom em sacramento? E tem como comprar lá as passagens? Já que pretendemos ficar alguns dias em sacramento...muito obrigado att dennys

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada pela gentileza! :)

      Tem estacionamento em Colonia, perto do Porto, inclusive. Dá para comprar na hora, mas março ainda é um período de muito movimento, principalmente nos finais de semana, eu recomendo comprar com antecedência para não ficar na mão ou ter que mudar os planos em cima da hora.

      Excluir
  5. Fantástico POST!!! Claro que vou procurar provar tudo! Além de tomar mate e vinho TODO dia!

    ResponderExcluir
  6. Quando a saudade do Uruguai bate eu leio um artigo seu! Kkk Eu gostei muito mais do Mercado Agrícola do que o Del Puerto. Achei esse último muito pega turista, com garçons insistindo q vc pare. Já o agrícola é "real" com os locais comprando. E tb com opções de comida muito interesssntes e variadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, fico feliz! <3

      Eu também prefiro mil vezes o MAM hehe.

      Excluir
  7. Boa tarde, vou passar o reveillon em montevideu, você conhece algum lugar que eu possa ver os fogos na orla e que depois tenha festa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Teve post específico sobre as festas! :)

      Excluir
  8. Ois!
    Adorei as sugestões.
    Irei em 2017, e estou um tanto preocupada com a alimentação, pois sou vegetariana e para todo mundo que pergunto, me dizem que há pouca opção para os vegetarianos e seu post da Pizza me salvou. hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla!

      Muito obrigada! Hoje em dia já é muuuuito mais fácil ser feliz sendo veggie em Montevidéu hehe. Dá uma olhada nesse post: http://www.viveruruguay.com/2014/08/restaurantes-vegetarianos-em-montevideu.html

      Excluir
  9. Jamile, adorando suas dicas, pretendo ir em março visitar, e como sou chef de cozinha e trabalho com aulas de culinária, queria saber se vc sabe de algum lugar para fazer uma aula aí durante a viagem. Obrigada! Livia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Livia! Muito obrigada! Tem a escola Gato Dumas que promove cursos curtos e alguns restaurantes fazem aulas, como Jacinto e La Fonda, tem que pesquisar se coincide com as datas da sua viagem.

      Excluir
  10. teu blog é demais, parabéns. Você escreve muito bem, nos faz sentir com suas palavras a mesma sensação que teve ao vivenciar aquilo descrito. Muito bom. beijos.

    ResponderExcluir