Viver no Uruguai - Parte 3: Custo de Vida em Montevidéu

Estava em dúvida sobre qual tema iria comentar aqui no blog e pedi ajuda ao pessoal lá na fan page: dei três opções de assuntos e a escolha da maioria foi a continuação dos meus pitacos sobre a vida no Uruguai.

Fiquei pensando em algo novo para escrever e logo lembrei que tinha lido dados interessantes sobre a média salarial no paisito

Dos aspectos que envolvem uma eventual mudança, a questão do trabalho costuma ocupar boa parte das preocupações. 

As dúvidas mais frequentes que recebo é sobre o mercado laboral, as pessoas querem saber se vão conseguir uma oportunidade e se receberão o suficiente para viver bem.

Não tenho como prever se será fácil, rápido ou quanto determinada pessoa poderá ganhar, muitas vezes tento ajudar contando como foi que aconteceu comigo.

E levando em conta minha experiência, cheguei a dizer que a média de salário era entre 10 e 14 mil pesos - valor líquido - para cargos administrativos simples.

Encontrei essa matéria corroborando o que vinha afirmando: metade dos trabalhadores no Uruguay recebem menos de 14 mil pesos!

É bem verdade que alguns dirão que os dados não refletem empregos com formação superior, e isso é totalmente certo, mas das entrevistas que consegui ser selecionada, todas ofereceram essa média salarial mais algum benefício como ticket alimentação ou uma parte referente ao transporte.

Ora, eu tenho titulo universitário e técnico, não obstante, minha realidade era essa aí da pesquisa. 

E é preciso muito jogo de cintura para tocar a vida sozinho com esse salário no bolso.

Quando as pessoas me dizem "ah, mas aí é mais barato que o Brasil", eu só consigo pensar que se você vem a passeio, provavelmente não sentirá o peso do que é ganhar em pesos (trocadilho horrível, mas não resisti rs).

Já passei links para consultas de preços de imóveis e serviços, mas me pedem posts com números, então vamos lá: um monoambiente (apartamento bem pequeno) geralmente custa a partir de 6 mil pesos, somado a isso há o condomínio (o valor depende da estrutura do edifício, mas diria que cobra-se a partir de 500 pesos), impostos (semelhante ao que pagamos de IPTU), energia elétrica e internet (o plano mais barato - limitado a 5 GB - sai por  288 pesos). 

E o salário tem que render ainda para alimentação (segundo estatísticas do governo, uma cesta básica custa 3.145 pesos), vestuário, transporte (22 pesos a tarifa de ônibus) e lazer, né?

Custo de Vida no Uruguai

Outro ponto que acho interessante esclarecer é sobre o processo para alugar um apartamento. 

Conheço pessoas que alugaram direto com o proprietário ou tinha um amigo do amigo que indicou e tal, mas se você não contar com essa sorte, o mais comum é pedirem uma garantia para fechar o contrato.

As mais usadas são as seguintes: garantia do BHU (o inquilino faz um depósito correspondente a X aluguéis - geralmente 5 ou 6 meses - e no final do contrato essa quantia é devolvida com correção monetária); garantia do ANDA (tem que associar-se e pagar cotas) e outra que funciona para empregados públicos.

Alugamos nosso apartamento com uma imobiliária e tivemos que depositar o correspondente a 5 meses de aluguel. Uma graninha boa que não pudemos tocar por 2 anos (tempo que durou o contrato).

Nas minhas andanças, conheci basicamente três perfis de brasileiros vivendo no Uruguay: os que foram estudar, as chicas que foram por amor e os que foram em busca de novas oportunidades, mudança de ares.

Devo dizer que nunca conheci ninguém realmente insatisfeito com a vida que levava no país, sabe aquela história que já falei das vantagens superarem as desvantagens? 

Pois bem, vez ou outra alguém confessava um certo incomodo com a vida profissional e acho que essa inquietação é totalmente proporcional às expectativas/perspectivas que cada um tem para seu futuro.

Convivi com muita gente que ganhava seus 10 - 14 mil pesos e levava a vida sem drama. 

Eu buscava viver sem mimimi, focando no lado positivo porque acho que é a melhor forma de passar por esse mundo.

Mas tive meus momentos de frustraçãosaí de Salvador tendo uma estrutura com tudo a meu favor e chegando em Montevideo parecia que nada funcionava, só era considerada para trabalhar em call center e não haveria problema se eu estivesse com planos de passar apenas uma temporada, estudar ou curtir uma fase na cidade.

Não era o caso, queria mesmo era construir minha vida no país e viver trabalhando em call center sem chances reais de crescimento profissional, definitivamente não era o que esperava, não era o que me fazia feliz.

Nesses momentos contar com o apoio emocional e ter uma reserva financeira foi essencial, pois só consegui um emprego que me deixava satisfeita depois de 1 ano e 4 meses de muitos currículos enviados e esperança no coração rs.

E quando lembro disso acabo virando a chata que diz que é necessário planejar com cuidado a mudança de país, pois a pessoa pode chegar com a cara e a coragem e dar tudo certo, mas também há o risco de ir no impulso e essa experiência que tem tudo para ser incrível, se tornar algo traumático.

Há rumores que o mercado atualmente está mais aberto a estrangeiros. Precisaria correr atrás de trabalho novamente para confirmar se de fato o mercado está mais suave... isso acontecerá em breve e voltarei aqui com a Parte 4 desse post rs! ;)

P.S: estou com um projeto de fazer 'entrevistas' (um bate-papo digitado) com 3 ou 5 brasileiros que vivem no Uruguay para vocês conhecerem outras histórias e outros pontos de vista. 
A ideia é um post por pessoa e as perguntas seriam as mesmas para cada um, acho que fica mais uniforme e consigo explorar os mesmos temas com todos. O que vocês acham dessa ideia?

Abraço! ;)


*    Clicando nas palavras sublinhadas abrem links para mais informações.
*Para quem fica em dúvida se os anúncios estão em pesos uruguaios ou dólares americanos: $u = pesos / U$S = dólar.

89 comentários

  1. adorei teu blog! Gostaria de saber quanto a trabalho, para quem é autonomo por exemplo se há boas oportunidades? Exemplo na área da beleza, cabeleireiro, manicure, massoterapeuta etc...já ouviu falar alguma coisa????Será que é dificil abrir um espaço por aí?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kah!

      Muito obrigada pela visita! ;)

      Via bastante oferta nesse sentido no jornal - dá uma olhada depois no site do Gallito - e há muitos salões em Montevideo, só não sei dizer se pagam o suficiente.

      Sobre montar um negócio, não acho o custo baixo, mas não é impossível. Pesquisando direitinho você consegue ter uma noção, no site mesmo do Gallito você encontra ofertas de pontos comerciais a alugar.

      Abraço!

      Excluir
    2. Boa Noite Mile, parabéns pelo blog e obrigado por compartilhar suas experiências e assim nos ajudando em nossos passeios, vi suas postagens a respeito dos hotéis em pocitos e gostaria de tirar algumas dúvidas: temos viagem marcada para junho e já fizemos reserva no Palm Beach,que está em sua lista, a localização dele é boa? O local e seguro e de fácil acesso? Quanto ao câmbio, é fácil trocar reais por pesos ou o real é bem aceito? Nesta região do hotel tem casas de câmbio? Me desculpa por tantas perguntas juntas,e antecipadamente muito obrigado,um grande abraço.

      Excluir
  2. Parabéns pelo blog. Estou adorando conhecer melhor o Uruguai através das suas palavras.
    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriana!

      Muito obrigada pela gentileza! Fico feliz que esteja gostando do blog! ;)

      Abraço!

      Excluir
    2. Olá, quanto tu julgas ser suficiente de reserva financeira para quem pretende se mudar definitivamente para o Uruguay?

      Excluir
  3. Ótimo, Mile!(como sempre). O meu caso é a opção 3: mudanças de ares. Saturei da minha área de atuação e formação (área de saúde) e como você sabe, nutri um sentimento especial pelo país! Para a viagem de Setembro já revisei a sua "apostila" toda, rs e fiz uma planilha a ser vivida (espero). A programação é ir no início de Setembro que ainda deve estar friozinho, né? Mesmo assim, vamos apostar em Rocha, Salto.. Aí, vem a pergunta, como a viagem será longa; em Monte vamos optar por hostel e em Rocha e Salto pensamos nos campings.. Eles têm trailer à vontade para ficar? Como funciona a hospedagem (vc sabe?). Pelo menos viverei mais ou menos 1 mês no Uruguay, rs e o futuro a gente joga pra cima e deixa a sorte captar rsrs. Beijocas. Rê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rê, muito obrigada pela gentileza de sempre!

      Sim, você já é outra baiana dos pampas haha.

      Que delicia fazer roteiro de viagem, né? Eu adoro!

      Das vezes que fui aos campings, só fui com minha mala porque a família do namorado já estava lá com toda a estrutura rs.
      Não sei dizer se em algum campign é possível alugar os equipamentos, é uma atividade bem comum lá e por isso a maioria já tem lona, barraca, colchão, etc.

      Como vocês não tem o equipamento para acampar, acho que vale a pena investir nos hostels, aproveita que é temporada baixa e os preços são melhores.

      Vou tentar um desconto pra você num hostel em Montevideo, me lembra disso no facebook!

      Setembro ainda estará friozinho, mas nada que atrapalhe o passeio, aquele céu lindão celeste, costuma dar o ar da graça! ;)

      Beijo!

      Excluir
    2. Oh, Mile. Obrigada a vc, sempre! Fechamos as passagens sábado que passou. Vamos no dia 10 de Setembro e retornamos dia 01/10. Pensamos em passar 1 dia em Salto, nas termais e voltar. Em Rocha; como têm muitos lugares, então vamos querer ficar mesmo em um hostel ( imaginei essa possibilidade da ausência de equipamentos). E em Colonia, provavelmente, a gente passe o dia. Obrigada pela atenção, sou grata com desconto ou sem desconto! Te lembrarei (apesar de não ser muito boa em pedir, rs). Pretendemos fechar a hospedagem até o final desse mês, para não corrermos o risco (vai que depois do Globo Repórter, o povo dá a louca e resolve desbravar em peso o paisito, rs). Então se for te atrapalhar, não se preocupe! Pensamos em fechar 15 dias em Montevideo e deixar uns 5 dias livre.. Ah, e no 1º Domingo: PARQUE RODÓ!!!!!!(vc acredita que não conheci, rs). Beijos! Rê :)

      Excluir
    3. ... abusando mais um pouquinho. Será que as termais abrem todos os dias da semana (normalmente?) e em relação à Colonia; sabe se tem algum dia de restrição (restaurante)etc, algum dia que tudo fecha? Bjos

      ;)

      Excluir
    4. Imagina, Rê! ;)

      As termas em Salto funcionam todos os dias até de noite, salvo em alguns poucos feriados que fecham.

      Se você quer fazer um bate-volta, recomendo pegar o bus da meia noite, assim chega bem cedinho na cidade e dá para aproveitar bastante (isso se vocês forem de dormir viajando, se não vão chegar cansadíssimas e dormir na piscina haha).
      A outra opção é pegar o bus das 6:30, depois só há outro horário meio dia e já não vale a pena pelo tempo da viagem.

      Você vai adorar o Parque Rodo!

      Colonia é super turística, então é bem fácil encontrar tudo funcionando todos os dias. Tem alguns pequenos museus na cidade, não sei o horário de todos, mas no geral esse tipo de atração costuma ter o dia off entre segunda e terça-feira.

      Beijo!

      Excluir
    5. Obrigada pelo alerta, Jam! Mas, pense em uma dúvida.. Chegar lá cedinho seria uma ótima. Engraçado, não gosto de dormir em estrada (principalmente nessa Bahia de meu Deus, que as estradas são tão boas pra não dizer o contrário e o povo é tão abilolado na direção). Mas, acho que no ônibus de Montevideo a Salto, eu dormiria tranquilamente e chegaria cedinho para sentir o ar puro da manhã.. Mas, a coisa boa de irmos mais tarde é poder enxergar melhor a estrada ( vermos o caminho com luminosidade). Bom, até lá a gente decide, rs. Lá vem mais outra pergunta.. E se decidirmos ir no bus de 6:30 e nos alongarmos no tempo.. Será que eles oferecem esses altos horários de Salto a Montevideo, na volta (tens essa informação?). Estou procurando aqui tb... Beijões

      Excluir
    6. Rê, quase sempre iamos de ônibus a Salto e pegavamos esse da meia noite, é tranquilo e as estradas estão em boas condições, eu quase sempre dormia a viagem toda.

      Pela manhã só tem esse de 6h e 6:30. Já para voltar tem bastante horário disponivel: 19h, 20h, 23h, 23:30, 23:45 e meia noite, você pode consultar nessa página (http://www.trescruces.com.uy/horarios.php).

      Quando começa a viagem, antes de sair de Mvd, o cobrador confere as passagens e pergunta se seu destino será Dayman ou rodoviária de Salto, você tem que avisar que vai para as termas que eles páram no terminal de Dayman (a rodoviária de Salto fica longe o suficiente para ir caminhando até lá).

      Beijo!

      Excluir
    7. Hummmm, mas acho que vou aderir ao busão da meia noite mesmo! Na volta a gente vê a paisagem da estrada ao entardecer... Valeu, Mile, pela dica!

      Beijo!

      :)

      Excluir
  4. Você poderia indicar mais blogs ou vlogs de brasileiros que moram no Uruguay?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Não conheço outro blog que conte experiências pessoais, mas sobre dicas de viagens tem muitos, você pode dar uma olhada no Google.

      Abraço!

      Excluir
  5. Amei a ideia das entrevistas. Aguardando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! :)
      Ainda nessa semana publico a primeira! Abraço!

      Excluir
  6. Esperando ansiosa as entrevistas para tentar "me enquadrar" ou identificar com alguma.
    beijos
    Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, essa fase é de ansiedade mesmo rs! Te desejo muita sorte! ;)

      Beijo!

      Excluir
  7. Faz sim, Mile, a entrevista com os brasileiros. É sempre bom conhecer a opinião de várias pessoas. ;)
    Raquel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quel, que bom gostou da ideia também!

      Já publiquei a primeira! ;)

      Abraço!

      Excluir
  8. Olá Mile, com satisfação e muita curiosidade acompanho, como posso, tuas informações sobre o paisito. :)
    Também eu tenho perguntas, muitas, mas neste momento e como primeira preocupação - e espero não ser repetitiva ou reincidente, já que não pude ler exatamente todas as postagens dos leitores, pergunto sobre o clima. Sou gaúcha, há algum tempo vivo em outro Estado e um dos principais motivos é o frio, para mim, intenso do RS. Imagino que no Uruguai deva ser semelhante ou pouco maior? Há neve em todos os invernos? Mas lembro de ter lido algo que escreveste sobre o sistema de calefação, isto é comum?
    Enfim, o interesse pelo país do Sr. Pepe Mujica é grande tanto quanto o receio pelo seu frio, rs.

    Abrazo e gracias! :)

    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!

      Muito obrigada pela visita e gentileza! ;)

      Acho que o frio no Uruguay é semelhante ao frio no RS.
      Eu acho um frio daqueles e já estive em outras cidades frias no inverno, mas não dura todo o ano, diria que são 3 meses frescos e 3 meses frios, frios, dá para viver. E quando o calor chega, deus do céu, é como estar no sertão hahaha.

      Neve não é comum, uma vez a cada mil anos, tem bastante geada no campo (no centro quase não percebemos acumular). Mas ó, se eu baiana sobrevivo, qualquer um consegue! ;)

      Os edifícios mais novos têm calefação, na verdade todo mundo tem alguma coisa para aquecer a casa, nem que seja estufas portáteis.

      Abraço!

      Excluir
  9. Olá Mile, parabéns pelo blog.
    Vou à montividéu no meio de setembro, passarei 6 dias e estou com dúvida sobre que tipo de roupas levar...geralmente é frio? Pra mim, 16 °C já é bem frio...é necessário bota, cachecol, luvas e etc?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Erika! Muito obrigada!

      Em setembro costuma estar fresco ainda, não tão frio como em julho e agosto, mas não tão agradável como novembro, por exemplo.

      Se 16°C para você é frio, sim, em setembro estará frio rs! Então leve roupas mais abrigadas, um casaco mais pesado, cachecol, bota ou sapatos fechados, pode até ser uma sapatilha se usar com meia calça.

      Mas leve roupas menos quentes também porque a maioria dos lugares tem calefação, então se sair para jantar ou para um bar, quando chegar terá que se 'desmontar' toda e ficar de camiseta hehe.

      Luvas não acho necessário, um acessório a menos na mala! ;)

      Abraço!

      Excluir
  10. Olá, consegui uma bolsa para estudar no Uruguay por um semestre, irei em março de 2014, porém estou em um grande impasse: meu curso só tem em Maldonado, mas posso pegar matérias parecidas em Montevideo. Conversei com uma menina da mesma universidade que eu sou e que também foi passar um semestre no Uruguai e ela me aconselhou a ficar em Montevideo mesmo. Você já foi em Maldonado? Em sua opinião (sei que isso é bem subjetivo), você acha qual das duas cidades melhores para morar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!

      Parabéns pela bolsa!

      Olha, Montevideo como a capital sempre terá mais opções de tudo, eu gosto bastante da cidade.

      Em Maldonado sempre estive de passagem, nunca vivi a rotina da cidade para poder comparar bem... e depende do seu perfil, se você é mais tranquila, do que gosta de fazer no tempo livre, etc.

      Abraço!

      Excluir
  11. Olá, tudo bem?

    Fui a Montevidéu mês passado e me apaixonei pela cidade. Já tinha uma vontade louca de conhecer, e agora então, a vontade louca é de viver por lá...

    Queria saber como seria para um brasileiro encontrar uma vaga como prof de inglês/português por aí.
    No momento já dou umas aulas, mas agora estou dando uma boa incrementada na minha formação (ficar um tempo fora estudando inglês, tirando mais alguns certificados internacionais). Nem vou perguntar muito sobre salário, pq professor já está acostumado a receber pouco né...rs

    De qualquer jeito, parabéns pelo seu blog! Muito divertido e muito bem feito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alisson! Tudo bem e você?

      O país é mesmo apaixonante, que bom gostou das férias!

      Olha, faz mais de 1 ano que não procuro trabalho, não sei como o mercado tem avançado (cada vez há mais estrangeiros e a adaptação é necessária).

      A experiência que eu tive não foi a mais positiva, para empregos onde o português não era requisito essencial achava que o RH ficava um tanto desconfiado (ou sem saber o que fazer mesmo, pronto falei rs)! e na dúvida iam na pessoa com formação e experiência profissional em locais que eles efetivamente conheciam e tinham como avaliar, em outras palavras, nos candidatos locais mesmo.

      Aí conseguir uma chance, alguma empresa que te dê uma oportunidade é o mais difícil, porque emprego mesmo, tem.

      Há muitas escolas bilíngues e cursos de inglês que necessitam profissionais, além dos call centers (tenta mandar cv para Sabre Holdings, dizem que é um bom lugar para quem tem inglês fluente).

      Meus amigos uruguaios costumam sacanear o sotaque de brasileiro falando inglês em palavras como o fresh, king (freshiii, kinguiii) e os brasileiros costumam sacanear o sotaque deles no have, fashion (algo como rave, faxion). No mais não vejo muita diferença...

      Boa sorte e obrigada pela gentileza!

      Ah, Alisson no Uruguay é nome de mulher, sempre me confundia... mas ok, eles acham que Jamile é nome de homem, sobrevivemos rs!


      Excluir
  12. ola colega..,muito legal seu blog..gostaria que voce me indicasse alguem ai para me acessorar na abertura de uma empresa, um contador sei la..rodbcorrea@gmail.com .. qual site voce me indicaria para tambem ver locacoes de salas comerciais...o que vc colocou la seria residencial..locacao seria aquiles ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo! Obrigada pela visita!

      Infelizmente não tenho contatos de profissionais para passar.
      No site do Gallito há também anúncios de imóveis comerciais e aluguel é alquiler mesmo.

      Boa sorte! ;)

      Excluir
  13. Olá Mile!

    Estou terminando o ensido médio esse ano, e tenho curiosidade de saber como funciona pra conseguir fazer um curso de espanhol em uma universidade pública uruguaia. Saberia alguma informação à respeito?

    Aliás, Adorei teu blog!!

    Beijos

    =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Viviane!

      Muito obrigada pela visita! ;)

      Infelizmente não sei dizer se a faculdade pública oferece cursos de língua gratuitos, você pode enviar e-mail para a instituição perguntando se há algum programa desse tipo.

      Abraço!

      Excluir
  14. Oi, Mile! Muito informativo o teu blog. Sabes, por acaso (bem acaso), como é para, por exemplo, um professor brasileiro (com os pré-requisitos, para trabalhar em uma universidade brasileira, em dia) fazer concurso na UdelaR? Aqui no Brasil é relativamente comum professores estrangeiros fixos (não visitantes), então se souberes gostaria de saber como é no Uruguai. Fui no site da UdelaR, mas não encontrei nada sobre este item especificamente (mesmo pesquisando em concursos, só dizem requisitos gerais). Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cris!

      Muito obrigada pela visita! ;)

      Já vi professores brasileiros ensinando em universidades privadas em cursos de pós-graduação e mestrado (na Católica e UM), em outro contexto desconheço.

      Já tentou mandar e-mail ou ligar para a Udelar perguntando os requisitos específicos?

      Abraço!

      Excluir
  15. Ola Mile, ótimo seu blog. Muito legal sua iniciativa de dividir suas experiencias. Eu estou numa situação parecida. Minha esposa é Uruguaia e já estamos casados a 10 anos e vivendo aqui no Rio de Janeiro. Temos agora um filhinho de 3 anos e em breve vem o segundo em 6 meses. Eu adoro o Uruguai e sempre que vamos lá (uma as vezes 2 x por ano) adoramos o clima do pais e estamos muito mais perto da familia da minha esposa. Depois de 10 anos vivendo no Rio/Brasil, voce começa a pensar que quer um lugar mais tranquilo para criar seus filhos e o Uruguai vem logo a cabeça.

    Mas como voce falou, queremos planejar isso com muita calma e ver todos os detalhes...seria algo para 2015 provavelmente.

    O que queria te perguntar é como você fez para levar (se levou) dinheiro economizado do Brasil para o Uruguai? Temos duvidas se podemos fazer uma transferência bancaria ou se é melhor abrir uma conta num desses bancos tipo HSBC ou Citibank com filiais aqui no Brasil e no Uruguai...Tem alguma dica?

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leandro!

      Muito obrigada pelo comentário.

      Eu levei dinheiro em espécie e no VTM, e uma vez instalada no Uruguay abri uma conta.
      Ambas formas têm limites (se não me engano 10 mil usd cada uma), como a quantia que possuía não ultrapassava esse valor, acabou sendo a opção mais interessante.

      Transferência bancária é possível, mas a taxa é alta.
      Mesmo para bancos da mesma rede, que na verdade obedecem a sistemas e legislações distintas, etc. Minha conta do banco X no Brasil não tem conexão com a conta do banco X no Uruguay, por exemplo.

      Mas não custa nada você consultar algum beneficio junto ao seu banco, né? Vai que são mais bacanas com você rs!

      Boa sorte com os planos! Abraços! ;)

      Excluir
  16. Olá!

    Achei o teu blog bem no início das idéias de tentar a vida em outro país. Sou de Salvador também! Por aqui somos três, eu sou psicólogo e acabo de terminar o mestrado, casado com uma psicóloga e com uma pequena com menos de dois anos. A vida aqui anda tensa, e temos avaliado seriamente uma vida mais simples e mais tranquila e o Uruguai surgiu como opção. Bom, a minha pergunta é, você teve acesso a imigrantes com esse perfil de família? Se sim, o que poderia me dizer?

    Um Abraço,
    Mateus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mateus!

      A Sabrina que participou do post "Outras histórias" é pedagoga formada pela UFPB e tem duas filhinhas, a Vanessa é psicóloga formada pela Mackenzie, ambas têm pós graduação no CV, e como você pode acompanhar nas respostas delas, o caminho não foi diferente do meu e demais estrangeiros que conheço: inicialmente servimos para mão de obra em call center (ou cargos similares, mas que em definitivo é ligando ou respondendo consultas em português), é muito difícil escapar disso nos primeiros passos.

      O processo de revalida do diploma para exercer a profissão demora bastante. Eu nem comecei porque revalidar a carreira de Direito é praticamente cursá-la novamente, mas a Vanessa começou e após cerca de um ano ela recebeu a feliz noticia da faculdade pública conferindo o poder de exercício da profissão no país.

      Resumindo, por mais que tenhamos conhecimentos e experiências, o processo de adaptação e inserção laboral na nossa área tende a ser mais lento e requer paciência, determinação e algum dinheiro para segurar as pontas nesse período.

      Em contrapartida, o que posso dizer é que apesar dos obstáculos, vejo muita gente satisfeita com o ritmo de vida que leva no paisito.

      Boa sorte com os planos! Abraço!

      Excluir
  17. Olá!!
    Muita bacana seu blog!!! Então, sou recém formado e estou buscando emprego em diversos lugares, e claro, no Uruguai. Tenho formação na área ambiental e procuro emprego na área. Então, gostaria de saber como é a questão ambiental no Uruguai e se há espaço nesse mercado que é recente. Gostaria de saber também se você pode me recomendar alguns sites com boa reputação para busca de empregos.

    Um enorme abraço
    Paulo TEtsuo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo!

      Muito obrigada pela gentileza!

      Não tenho informações sobre a área ambiental, não é minha área de atuação.
      Você pode consultar as ofertas de emprego nos sites das consultoras de RRHH - Advice Manpower, Adecco, etc - e nos sites BuscoJobs, Computrabajo e jornal Gallito que sai edição nova todos os domingos.

      Abraço! ;)

      Excluir
  18. Olá ! Parabens por seu blog, tão útil , divertido e informativo ! Estou em Montevideo há 2 dias. Sai do RJ com os primeiros papéis reconhecidos pelo Itamaraty e pelo consulado. Vc poderia me informar onde devo ir para começar a resolver minha residencia definitiva aqui ? Não sei se devo ir ao ministério das relações exteriores ou a Direção Nacional de imigração !
    desde já, agradeço sua ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Muito obrigada pela visita!

      Você tem que ir na Dirección Nacional de Migración! ;)

      Boa sorte na mudança! Abraço!

      Excluir
  19. No meu comentário anterior, esqueci de me identificar ! Me chamo Nadia e meu contato aqui em mtvdo é 093967581. ou por email, hullygullyrio@gmail.com
    Ficarei feliz se pudermos nos encontrar aqui em mtvdo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nadia!

      Não estou em Montevideo no momento, chegarei em duas semanas!
      Topo um café! Estamos em contato! ;)

      Excluir
    2. Olá !!! Podemos tomar um café sim !!! é só me ligar !!! Ontem fui a imigração !!! obrigada pela dica !!!
      Saludos !!!

      Excluir
  20. Olá Mile !!! Gostaria de fazer uma pergunta ! Ví ontem um apartamento que gostei, mas o apartamento é antigo e tenho que colocar o calefon !!! vc acha melhor colocar eletrico ou a gás ??? agradeço e aguardo nosso encontro para um café !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nadia!

      Dizem que o gás é mais barato, mas se não tiver muita gente na casa e o elétrico tiver um timmer que dê para programar o horário que liga/desliga, é uma boa opção também (a gente usava assim).

      Me escreve lá no facebook do blog que fica mais fácil de coordenar o café! ;)

      Abraço!

      Excluir
  21. ola,tudo bem?estou pensando em fazer faculdade de medicina ai no uruguay,vc poderia me dizer qual a faculdade com mais nome?li no seus post sobre custos, é verdade que as faculdades particulares ai custam o equivalente a 800 reais?eu não penso em voltar se me formar ai,talvez se não tiver exame do revalida eu volte,mas a principio iria me formar ai e tentar trabalhar ai mesmo.meu nome é Ricardo e qualquer coisa se quiser , meu e-mail é ricardo_ennes1978@hotmail.com abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ricardo! Tudo bem e você?

      Dá uma olhada nos posts "Estudar" e "Universidades" que há informações.
      Faculdade aqui não tem em toda esquina, então ainda não existe nenhuma péssima. Há cursos que têm mais prestigio em determinada instituição, mas no geral a qualidade é boa em todas.

      E não é verdade que faculdade aqui é barato, é caro, mensalidades custam mais de mil reais! Alguns cursos na área de saúde como fonoaudiologia por exemplo, tem um preço mais acessível, em torno de 800, mas fazer Relações Internacionais, Engenharia, etc, não espere mensalidade por menos de mil reais...

      Abraço!

      Excluir
  22. Ola Mile!
    Estou indo morar em Uruguay, junto com meu irmão que ja vive no pais a mais de 20 anos. e apesar e toda ajuda que estou recebendo gostaria de poder manter contato com uma brasileira! Podemos? Tb gostaria de pedir, se você tem o site de alguns Call Centers. Eu trabalho na área de alimentação e hotelaria, mas quero manter a mente aberta. Muito obrigada. Segue meu email, para que possamos manter contato, caso você queira. barbara.caamano@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Barbara!

      Podemos, sim. Quando chegar entre em contato (pelo e-mail contato@viveruruguay.com ou mensagem privada na fanpage no facebook).

      As empresas de call center anunciam vagas quase toda semana nos sites de ofertas laborais como BuscoJobs e Computrabajo.

      Abraço e seja bem-vinda! :)

      Excluir
    2. Olá mile sou brasileira meu nome é Leidiane adorei seu blog ,moro a um mês no uruguay estou passando exatamente pela à mesmas situação a qual você passou , não está sendo fácil ,arrumar emprego então está si tornando um pesadelo ;tenho experiência na área de beleza mais no momento as minhas tentativas esta sem sucesso ja mandei currículo pra diversos salões ja fui pessoalmente em alguns mas a unica resposta " é no momento não necessitamos a vontade que tenho depois é de sair grintando não é possível que não tenha um salão que precisa de pessoas para trabalhar. Mais respiro fundo sei que não ia ser facil ! Você conhece alguma pessoa brasileira que tenha salão de beleza aqui no uruguay?

      Excluir
    3. Parabéns pelo blog muito bom!

      Excluir
  23. Mile,

    Tenho uma renda aqui no brasil, logo teoricamente nao necessito trabalhar de imediato.

    Poderia me dizer se uma pessoa com 3500 reais por mes convertidos para pesos uruguaio, da para ter um padrao de vida normal, conforto, carro e moradia legal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pelo conversor de moedas ... dá 33.005,00 UYU .. desculpa intrometer .. é que estava convertendo os valores que a Mile postou .. entao converti o seu tambemm .. bjus. :)

      Excluir
    2. Mais esse valor da para viver legal um casal ai em montevideu?
      Quanto custa em media um bom AP de no máximo 100m².
      Vi no site que foi publicado no blog, e vi que em media 235.000 pesos uruguaios, o que equivale a 24.000,00 reais? Estou certo? Tem algo de errado? aguardo um retorno...O blog esta bombando....

      Excluir
    3. Vi no site que carros em media 35000,00 pesos, que para brasil da em media 4000,00 reais....estou certo tambem ou é uma percepção errada?

      Excluir
    4. Gilson,

      A conversão que Phaela fez está correta (obrigada, flor!), mas dizer se com esse valor dá para viver 'bem' é algo extremamente difícil porque aí entra aquela coisa do critério, expectativa e realidade de cada um.

      Se você perguntar a uma pessoa que vive com 15 se é possível viver com 30, ela vai dizer que sim sem pestanejar. Se você perguntar a uma pessoa que vive com 30 se é possível viver com 15, provavelmente a resposta será não.

      Existem formas e formas de viver, prioridades e prioridades.

      Estou procurando apartamento para alugar nesse momento, nas buscas do que atende meus critérios, vejo apartamentos de 1/4 com 40m² - 50m² custando entre R$1400 - R$1800. Há lugares que oferecem opções mais baratas? Sim. E mais caras? Também.

      Pela minha experiência, um apartamento em bom estado aqui em Montevideo com 100m², não custa menos de 20.000 pesos uruguaios, seja no Centro ou em Pocitos.

      Em relação ao valor que você encontrou, fique atento ao que está expressado em pesos ou dólares americanos.

      Imoveis e automóveis para venda apresentam preços em dólares, logo esses 235.000 que você viu, corresponde a 550.000 reais.

      Carro usado eu acho caro, é difícil encontrar algo em boas condições por menos de 14, 15 mil reais. E quando digo 'boas condições' são carros básicos ano 95/98 com seus bons cem mil km rodados.

      Carro novo acho os preços praticados similares ao Brasil, pelo menos era, faz tempo não acompanho o mercado brasileiro nesse sentido.

      Boa sorte nos planos! Abraço! :)

      Excluir
  24. adoro adoro seu blog ... estou com um interesse enorme pelo uruguai .. poremm como vc falou tudo tem que ser analisado e bem planejado .. queria te fazer uma pergunta .... quantos ganha em media um professor de portugues no uruguai .. é facil encontrar a vaga.. como é o mercadoo .. ?? bjuss .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Muito obrigada pela gentileza!

      Não sei dizer exatamente quanto é o salário, mas vejo que há vagas. Em regra, os salários aqui não são altos, o que acaba tornando o custo de vida alto.

      Empregos administrativos que têm o português como requisito básico (incluindo as vagas em call center), costumam pagar entre 12 e 18 mil pesos uruguaios.

      Abraço!

      Excluir
  25. Adoro seu blog... Pode me indicar um curso de espanhol para me preparar para morar em Montevideo? Obrigada. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Muito obrigada! :)

      Você fala curso de espanhol ainda no Brasil ou aqui? Se for cursos aqui, dê uma olhadinha nos posts da categoria 'Estudar' que tem opções de escolas.

      Abraço!

      Excluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. muito legal seu blog queria saber se tem muito emprego para motorista ai? por favor me responde.!

    ResponderExcluir
  29. Oi Mile, adorei seu post!!! Tenho planos de morar no Uruguay com meu esposo e filho(adolescente) rsrrs. Gostaria de saber se é muito difícil para empreendedores? Montar uma lanchonete, studio de tatuagem, etc... E em relação à educação para os filhos seria muito complicado?

    Obrigada : )

    ResponderExcluir
  30. Olá Mile, tudo bem? Estava pesquisando como era viver no Uruguai e encontrei seu blog. Fiquei hoje o dia inteiro lendo rs. Achei muito muito interessante e rico de informações. Apesar dos prós e contras minha vontade de morar ai ainda é grande. Estou cursando Arquitetura e dentro de 2 anos me formo e pretendo ir, juntamente com meu noivo e minha filha. Pelos seus comentários pude verificar o mercado de trabalho e a área do meu noivo (Engenharia) tem um grande mercado ai. Pretendo passar 7 dias pra conhecer mesmo a cidade ainda esse ano. Uma única dúvida que eu tive, e sinceramente li tanto que não me lembro se você comentou rsrs, é a respeito dos planos de saúde dai. São mais acessíveis que no Brasil? E a rede é ampla ou não? Muito obrigada por todas as informações! Beijos, Patrícia.

    ResponderExcluir
  31. Adorei seu blog, e todas informações postadas, ajudou bastante.

    ResponderExcluir
  32. Como é bom poder ver que muitos outros possuem as mesmas dúvidas que eu no que se refere à viver no Uruguay e olha que já experiencia na adolescencia como intercambista para os USA e depois através de uma empresa que trabalhei, fiquei 8 mêses em Paris ! Mas sempre foi tudo muito diferente dessa vez que estou indo por conta própria para estudar por 2 anos na Universidad ORT, morar sozinho em Pocitos num apto. monoambiante imobiliado por $U 19.000 c/ Gastos Comunes inclusos !!! Espero poder compartilhar minhas conquistas nos próximos meses, pois chego em Montevideo dia 02 de Agosto !!! abs a todos

    ResponderExcluir
  33. olá Mile,vc poderia me informar quanto ganha um padeiro/confeiteiro por aí e se com isso consigo me manter?

    ResponderExcluir
  34. Olá Mile;
    Bom! Estou interessado em saber mais sobre o país. Tenho interesse em visitar e quem sabe residir futuramente. Hoje trabalho no setor offshore no Brasil. Com isso tenho 14 dias de folga para passa por aí. Você saberia dizer mais sobre o processo do visto (qual veria mais indicado para a minha situação)?

    ResponderExcluir
  35. Oi Mille, amei seu blog. Sou também de Salvador e estou pensando em mudar com meu noivo ano que vem. Tenho um negócio aqui e pretendo tocar de lá e ele é analista de sistemas, sabe me dizer sobre essa área? Ele precisa fazer a tradução do diploma?
    Pensamos muito em alugar um apta tipo casa, pois vamos com um cachorro. Existe algum problema? Acha que conseguimos um imóvel desse porte de até 11mil peso por mês?
    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Oi Cris. Moro em Rondônia e vou ao Uruguai em outubro /2015 de férias. Me de dicas de salão por favor.

    ResponderExcluir
  37. Mile,
    Excelente artigo.
    Sendo bem direto na matemática, se mais da metade da população vive mensalmente com 10.000 a 14.000 pesos uruguaios, uma conta por alto, em torno de 20.000 pesos uruguaios, por pessoa, seria suficiente para se viver normalmente (digo, sem grandes luxos: alugar um apartamento de 2 quartos, sair 1x ou 2x por semana, etc?
    Obrigado,
    Renato

    ResponderExcluir
  38. Oi Mile, preciso de varias informações sobre o Uruguai, pois preciso tomar uma decisão de mudança urgente e o que tenho visto e lido sobre o Uruguai tem sido muito interessante. Se possível gostaria de alguns detalhes como montar algum quiosque, ou enfim, trabalhar com lanches e comidas em geral.

    ResponderExcluir
  39. A princípio algo que tenha possibilidade de ascensão e também pontos estratégicos para atuar.

    ResponderExcluir
  40. Minha sogra e cunhada moram em Buenos Aires, mas pelos relatos de ambas, a vida na Argentina ainda não é muito favorável em decorrência da economia desgastada. Mas eu e meu esposo já temos esse ponto positivo que é tê-las próximas ao Uruguai.

    ResponderExcluir
  41. Minha sogra e cunhada moram em Buenos Aires, mas pelos relatos de ambas, a vida na Argentina ainda não é muito favorável em decorrência da economia desgastada. Mas eu e meu esposo já temos esse ponto positivo que é tê-las próximas ao Uruguai.

    ResponderExcluir
  42. A princípio algo que tenha possibilidade de ascensão e também pontos estratégicos para atuar.

    ResponderExcluir
  43. Gostei do Blog, parabéns!

    Queria saber sobre estudos no Uruguai. Tenho interesse na aviação e queria saber se sai mais barato, com relação ao câmbio?

    ResponderExcluir
  44. Muito bom seu blog. Me identifiquei muito com vc. Pois vivo em Santiago Chile. E gosto de ler outras experiência de Brasileiros que vivem em outros países. Parece que muda so o país as dificuldade São as mesmas, para um mundo diferente, ao qual não conhecemos trocamos problemas velhos conhecidos por problemas novos quando chegamos em outro país. Felicidades. Sucesso. Para você

    ResponderExcluir
  45. Meu nome e Adriano . Não saiu meu nome rsrs

    ResponderExcluir
  46. Querida, seu blog é ótimo. Eu, cansada de tanto desmando neste nosso país, estou pensando seriamente em morar no Uruguai. A questão é que pago credito imobiliário aqui e não pretendo desfazer-me do imovel que estou pagando. A idéia é alugá-lo mas, a princípio, eu só teria dois mil reais disponíveis para passar o mês (minha aposentadoria). Tenho hábitos simples, gasto muito pouco. Voce acha que dá? Muito obrigada. Sônia.

    ResponderExcluir
  47. Mile, é um prazer. Sou cabeleireiro técnico, colorista, maquiador e terapeuta capilar. Qual a cidade do uruguai que vc acha mais promissora para se encontrar emprego?

    ResponderExcluir