Onde comer em Montevidéu: 3 restaurantes imperdíveis

Texto e fotos Luisa Zuffo:

Depois de um longo hiato, eis que finalmente me organizei para escrever mais um texto pro Viver Uruguay!

E como não poderia ser diferente, o tema do post é comida. Por isso fiz essa seleção de três lugares muito bacanas que podem fazer sua estadia em Montevidéu ainda mais agradável!

Dicas onde comer em Montevideu



1. TONA

Esse é um restaurante que eu ensaiei bastante antes de ir. E depois me arrependi de não ter ido antes.

Eu estudo no Colégio de Gastronomia Gato Dumas e sabia que o chef do Tona, o Hugo Soca, havia sido professor lá. Conhecendo a metodologia do colégio, consigo identificar varias similaridades entre as receitas que a gente aprende no Gato Dumas e as receitas do Hugo, que também é autor do livro: Nuestras Recetas de Siempre - Cocina casera y tradicional uruguaya.

Meu exemplar, que está inclusive autografado pelo autor, já fica até facilmente aberto nas minhas páginas favoritas. Inclusive já reproduzi algumas receitas clássicas no blog, como por exemplo: O ‘guiso de lentejas’ e os ‘zapallitos rellenos’. As duas mais que aprovadas!

A gastronomia uruguaia sempre foi um assunto que me interessou muito desde que me mudei pra Montevidéu. E depois de um tempo morando aqui, explorando lugares novos e definindo meus restaurantes favoritos, comecei a ficar chateada quando escutava as pessoas dizendo que a comida no Uruguai era só chivitos, milanesas e asado.

Veja bem, não tem nada de errado com nenhuma das três opções aí mencionadas. Inclusive eu adoro todas. Acontece que falando desse jeito as pessoas deixam a impressão de que a cozinha uruguaia não tem tradição, não tem historia. E não é bem assim.

Na minha opinião, o TONA é uma boa alternativa para quem tem interesse em conhecer pratos da tradicional cozinha uruguaia indo um pouco além do obvio.

O nome TONA é uma homenagem a avó de Hugo e o cardápio está dividido em duas partes: as receitas da avó Tona e as receitas do Hugo. O cardápio da avó é bem no estilo comida caseira, com receitas tradicionais presentes na mesa dos uruguaios, que podem ter influencias italianas, espanholas, criollas. O cardápio do Hugo é um pouco mais pessoal, mais contemporâneo. Juntando as duas partes, o cardápio completo oferece 25 pratos diferentes. Os buñuelos de espinafre, os croquetes e as almôndegas merecem destaque!

O Tona fica em Pocitos, num casarão com pé direito alto, janelões, decoração moderna com bastante madeira. Um ambiente muito agradável e bem bonito. Uma carta de vinhos com uma seleção pra ninguém botar defeito.

Para quem vem pro Uruguai e sai achando que a gastronomia uruguaia se resume ao trio asado, chivito e milanesas, o TONA é o melhor lugar (na minha humilde opinião) para acabar de vez com essa imagem mais do que distorcida.

Endereço: Ig. Luis Franzini 955, Montevideo 11311, Uruguay
Telefone: +598 2712 7628


2. PLANTADO

O PLANTADO é o restaurante do Hotel Hyatt. O restaurante é bem moderninho, assim como a decoração do hall de entrada do hotel, que foi inaugurado em meados de 2016, mas possui pisos inspirados nos pátios coloniais da Cidade Velha.

Dicas restaurantes em Montevideu

A proposta do Chef argentino Federico Ferrari, que comanda a cozinha aberta do Hyatt, é bem interessante. O menu a la carta não é dos mais extensos, mas tudo é preparado com muita técnica.

O lance diferentão mesmo é o buffet de saladas/entradinhas e sobremesas. Com várias opções de saladas, verduras, queijos, frios e massas fica difícil escolher. A ideia é que cada cliente faça o combo que desejar, por exemplo: buffet de saladas + sobremesa, ou buffet de saladas + prato principal, prato principal + sobremesa, ou simplesmente pedir o prato principal direto do menu.

Eu sou fã de restaurantes com cozinha aberta. Adoro ver os chefs e cozinheiros em ação enquanto preparam os pratos. A decoração, na minha opinião, é cheia de charme. Panelas de cobre revestidas em cima de uma mesa comprida, uma hortinha vertical cheia de temperos e ervas aromáticas numa coluna ao lado do buffet, e sem falar no destaque do restaurante: a oliveira plantada no meio do salão, rodeada por uma bancada e bancos altos onde dá pra curtir uns bons drinks abaixo da claraboia.

E se não der pra encaixar um almoço/jantar no Plantado no seu roteiro, sugiro encaixar pelo menos uma parada no café. Com uma vista realmente privilegiada da praia de Pocitos (o Hyatt fica em frente ao letreiro de Montevidéu), o café oferece uma diversidade de pães, croissants, tortinhas e bombons, além de possuir um mini mercadinho com uma seleção de produtos uruguaios de dar água na boca, como azeites, queijos, cervejas artesanais etc. Todos os pães são produzidos ali mesmo e o meu favorito é o pão de campo!

Dicas onde comer em Montevideu

Endereço: Rambla República del Perú 1479, 11300 Montevideo
Telefone: +598 2621 1234


3. ESCARAMUZA

Escaramuza é, ao mesmo tempo, uma livraria, um espaço cultural e um ótimo restaurante. Funciona em um casarão antigo reformado no bairro de Cordón. É um local cheio de charme, com prateleiras que vão do chão ao teto cheias de livros que, pra mim, já são convite suficiente para entrar, explorar e se apaixonar. Os janelões, os azulejos do piso e o pátio completam a decoração.

Dicas livrarias em Montevideu

Os encarregados pela cozinha do restaurante são Alejandro Morales e Florencia Courreges, conhecidos por estarem à frente da cozinha do La Huella, restaurante em José Ignacio que figura na lista dos melhores restaurantes da América Latina e foi por varias vezes nomeado o melhor restaurante do Uruguai, inclusive em 2016.

A proposta do menu é simples, e é exatamente assim que Alejandro e Florencia queriam que fosse. Na cozinha da Escaramuza, a ideia é mostrar uma comida boa. Simples, saborosa e bem feita.

Não tem como negar o potencial enorme do lugar. Com uns gênios na cozinha, um espaço lindo de se ver, um pátio encantador com um pergolado central e estando rodeado de livros, não saberia o que mais pode ser necessário para ser sucesso.

Dicas onde comer em Montevideu

Eu já fui duas vezes tomar café e fui uma vez para almoçar. Quando fui para o almoço, tive que colocar o nome na lista e esperar uns 20 minutos até conseguir mesa (eles não fazem reservas). Mas, enquanto se espera, dá para se distrair folheando livros. O destaque das sobremesas sem dúvida são o volcán de dulce de leche e o de chocolate. Inclusive, se ficou tentado, tem post passo-a-passo direto do livro de receitas do La Huella no blog, link aqui).

Enfim, espero ter sido convincente o suficiente para que você encaixe uma visitinha a Escaramuza a qualquer momento do dia durante a estadia no Uruguai. Pode ser só pra admirar a arquitetura do casarão antigo, a decoração no capricho, adquirir um livro, almoçar, tomar um café, um drink, uma cerveja ou vinho no pátio (que infelizmente, mas por razões óbvias, não fica habilitado no inverno).

Endereço: Dr. Pablo de María 1185, 11200 Montevideo
Telefone: +598 2401 3475

***

Os três lugares merecem ser destacados pelos pães caseiros, os pratos principais muito bem executados e as sobremesas de dar água na boca! Espero sinceramente que vocês curtam as novas sugestões! :)




_________________________________________________________________________________

Oi gente! Meu nome é Luisa, sou gaúcha e gremista, mas, sempre digo que sou de Brasília. Já morei em 4 países diferentes, moro em Montevidéu desde agosto de 2014 e ainda não tenho data de partida. Sou formada em Relações Internacionais e atualmente não exerço a profissão. Adoro viajar, ler, cozinhar, rir. Sou apaixonada por internet, fotografia, música e seriados! Atualmente, estudo confeitaria no Colégio de Gastronomia Gato Dumas. Tenho muito carinho pelo meu blog de receitas: www.blogdalu.net. Sou curiosa, sempre topo conhecer um lugar novo e adoro compartilhar minhas aventuras no Instagram!
_____________________________________________________________________________________


9 comentários

  1. Obrigada pelas dicas, certamente iremos em um dos restaurantes na próxima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois conta como foi, porfa! Eu amo saber das experiências por aqui! :)

      Excluir
  2. Oi! Estamos em Montevideo e adoramos suas dicas. Pretendemos conhecer os três, mas ainda temos dúvida de por onde começar. Você se recorda mais ou menos dos preços de cada um dos restaurantes? Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gui! Vc visitou? Só consegui responder hoje, de toda forma vou deixar aqui, pode ajudar outra pessoa! :)

      O Escaramuza é mais econômico, porém é o que tem as porções menores, a Lu comentou que os pratos ficam entre 250/330, lindo, bonito e barato, né? O Plantado fica 570-590 a opção sem o buffet.

      Abraço!

      Excluir
  3. Olá, Jamile! Vou guardar as dicas para uma próxima visita a Montevidéu! Mas queria aproveitar o comentário para deixar outra dica de restaurante. Ele se chama ESTRECHO e fica na peatonal Sarandí, na Ciudad Vieja. O ambiente é bem simples. Não há mesa, os clientes comem no balcão. Mas o cardápio é pura cozinha moderna. Na última vez em que estive por aí, comi no Estrecho a primeira salada da minha vida que me deu vontade de raspar o prato para não perder uma gotinha do molho! hehehehe! Também experimentei um filé delicioso. Dá fome só de lembrar!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Ótimas dicas, já anotei tudo! O blog é lindo, por sinal, parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde. Vou para Montevideu em julho a estudo e gostaria de saber a média dos preços das refeições, tendo em vista que ficarei 15 dias...
    Obrigada.

    ResponderExcluir