5 lugares para curtir Montevidéu no inverno

Faltam poucos dias para o inverno chegar e além do frio, a estação costuma trazer também muitas dúvidas em relação aos passeios nos roteiros dos viajantes. 

Nessa época é super comum receber mensagens pedindo dicas do que fazer e como se vestir.

Já temos posts com sugestões de atividades para fazer no inverno em Montevidéu e Punta del Este (aqui e aqui), mais textos falando sobre as roupas apropriadas ao clima (aqui e aqui). 

A ideia do post de hoje é trazer 5 dicas rapidinhas - tipo um check list - de lugares queridos que combinam com os dias de inverno.

Inverno em Montevideu


1- Museu Blanes

Vou começar a lista com museu. Sim, museu é legal, gente! E no inverno é ainda mais gostoso: espaços fechados e quentinhos!  

A dica é o 'Museu de Bellas Artes Juan Manuel Blanes', além do casarão incrível que abriga o acervo riquíssimo, tem um mini jardim japonês nos fundos da propriedade que é uma graça. 

E como é o acervo do museu? Blanes é conhecido como o pintor da pátria, suas telas mostram momentos cruciais da história uruguaia, entre personagens e batalhas encontramos muito da cultura nacional. 

Roteiro inverno em Montevideu

A obra de Blanes levanta também muitas lendas e curiosidades. Uma das lendas mais interessantes é sobre as semelhanças do quadro mais emblemático do pintor - chamado Los 33 Orientales que tem relação direta com a 'Guerra del Brasil', aquela que nós aprendemos como a Guerra da Cisplatina, é fascinante como as perspectivas mudam a abordagem, né? - com a Grande Ceia do Leonardo da Vinci, há quem faça um paralelo entre as proporções, tamanhos, figuras, personagens e outros temas relacionados à maçonaria, adoro essas coisas hehe, mas dessa história o que é certo mesmo é a formação acadêmica de Blanes na escola italiana, referência forte no estilo das suas obras.

Fica no bairro do Prado - Av. Millán 4015 - e a entrada é gratuita (funciona de terça a domingo, das 12h às 18h).


2- Escaramuza: Livraria e Café

Não é a primeira vez que essa dica aparece no blog. O repeteco se justifica porque o lugar é incrível e quanto mais falarmos mais chances de vocês lerem e irem lá conhecer hehe.

Trata-se de uma livraria num casarão antigo lindíssimo que abriga também um café- restaurante.

Inverno em Montevideu
Inverno em Montevideu

Passar na Escaramuza é um prazer, dá para esquecer do tempo olhando as estantes cheias de livros, a variedade é grande e da última vez comprei um livrinho infantil da coleção anti-princesas/anti-heróis que foi amor: todinho dedicado ao Galeano, ótimo regalito do Uruguai para os pequenos.

Inverno em Montevideu
Inverno em Montevideu

E depois que a gente cansa de folhear livros tem um pátio simpático e um salão interno aconchegante que convidam a um café com alguma sobremesa de doce de leite. Uruguai, né? :)


3- Degustação de vinhos

Vinho é bom o ano inteiro, mas no inverno tem um charme a mais. Visitar vinícolas é muito fácil e tem mais opções próximas a Montevidéu do que os turistas imaginam! Meia horinha saindo do Centro e já encontramos várias 'bodegas', como são chamadas as vinícolas por aqui. 

Dicas inverno em Montevideu

Na foto, nossa degustação na Pizzorno, uma vinícola familiar - super comum encontrar os proprietários lá trabalhando - que é uma delícia.

O atendimento é maravilhoso, o Lúcio se desdobra para explicar tudo direitinho aos visitantes e abrir esse mundo curioso, apaixonante e sensorial que envolve os vinhos. Uma experiência que recomendo fortemente.

Ah, fica outra dica: vinho no Uruguai é mais barato do que no Brasil e nas bodegas sempre rola um desconto camarada, vale a pena deixar para comprar quando fizer uma visita e sair mais feliz com a adega abastecida.

Estou devendo um post sobre nossa visita guiada e degustação na Pizzorno, mas vocês podem encontrar informações sobre os tours no site da bodega.


4- Noite no Teatro Solís ou Sodre

O Teatro Solís é um ícone que dispensa apresentações, então aproveito para deixar a sugestão do Auditorio Sodre que a maioria dos turistas desconhece e oferece uma programação tão intensa e rica como a do Solís (e é lindíssimo também).

Os espetáculos são super variados, acabei de dar uma olhada na programação dos próximos meses e tem desde atividade para bebês de 0 a 3 anos a musicais, peças (que passam por temáticas/releituras de Simone Beauvoir, Don Quixote, Shakespeare, etc), shows, ciclos de dança, apresentações do Ballet Nacional (a cia uruguaia é aclamada pela crítica), orquestra filarmônica... resumindo, não vai ser difícil encontrar uma proposta que te agrade.

Não falar espanhol não vale como desculpa hehe, é tranquilo acompanhar os musicais, shows, ballet 
e tal.

É aquela história de sempre: fazer a visita guiada é muito bacana, mas ver o teatro em função é mágico, não perca a chance. Passeio que combina lindamente com as noites frias de inverno!


5- Grafites na Ciudad Vieja

Para dias cinzas, um pouco de cor! :)

Dicas Inverno em Montevideu

A rua Juan Carlos Gomez na Ciudad Vieja é cheia de grafites e murais super coloridos. 

Definitivamente a melhor calle para fotos blogueirinha - look do dia hehe. Onde mais encontrariamos um prédio com cara de avestruz, sacadinhas e janelas rosas?!

Humor e arte urbana em meio aos passeios culturais do centro da cidade.


Dica extra: Bate e volta em Villa Serrana

Perfeito para quem tem muitos dias e quer fazer um bate e volta fora da rota clássica: que tal conhecer as serras das bandas de cá? A Villa Serrana é um lugar lindo, verde, tranquilão e super místico.

Roteiro inverno no Uruguai
Inverno em Montevideu

Essa casa incrível no meio das pedras das serras é o famoso Ventorillo de la Buena Vista, um restaurante com as paredes todas de vidro, ir lá só almoçar já valeria a pena, mas a pacata vila e cidadezinhas ao redor oferecem ainda mais: dá para fazer um roteiro incluindo visitas a fábrica de alfajor, azeite de oliva, ecoturismo nos parques.

Apenas 150km separam a capital desse refúgio de paz, um destino diferente e gostoso.

Mais info nesse post.


***

E aí, preparados para a viagem? Montevidéu é linda o ano inteiro, aproveitem! :)

7 comentários

  1. viajar ja é bom, imagina no frio..
    n tem coias melhor...
    otimo artigo, parabéns..

    ResponderExcluir
  2. O Uruguai é realmente um lugar maravilhoso.
    Mas a Praia da Enseada no Guarujá-SP também espera por um artigo.
    Parabéns e obrigado por todas as sua informações.
    No Guarujá, venha conhecer o Iracemar.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá gostaria de saber sobre o cenário da tatuagem no Uruguai,se é fácil encontrar tattoo shops, trabalhar em um, afinal sou tatuador. Alias muito bom seu blog.

    ResponderExcluir
  4. Olá td bem???
    Sabe me dizer se existe ônibus que vai para Buenos Aires ?? Ou o único meio é de barco?
    Amo esse blog, bjus !!!

    ResponderExcluir
  5. Tudo bem? Estou grudada no seu blog porque dia 22 desse mês vou para Montevidéu pela primeira vez! Gostaria de abusar e fazer umas perguntas: vale a pena pegar taxi do aeroporto ou contratar um traslado do Brasil? Você te, ideia de quanto sai um taxi? Poderia me dizer em valores atualizados, quanto é uma refeição bacana para três pessoas em bom restaurante? Só para eu ter uma noção, pelo menos o preço de uma coca cola. E se vale a pena fazer câmbio na cidade ou no Brasil, levar dólar, real... estou um pouco perdida. Sou autora do blog baudefamilia.com! Super obrigada! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Vamos agora em setembro para Montevidéu. Como gostamos de sair de dia, você tem alguma dica de bar com mesas externas, praça ou parque que tenha música ao vivo?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  7. OI JAMILE . ENTÃO MORO EM CURITIBA . NÃO GOSTO DO FRIO. PRETENDO , SE EU GOSTAR , DAQUI UNS ANOS IR MORAR NO uRUGUAI. PORÉM PREFIRO CALOR O ANO TODO , RS . DICA DE CIDADES?

    ResponderExcluir