Dicas de hotéis em Montevidéu

A hospedagem é uma das dúvidas mais frequentes quando estamos organizando uma viagem, principalmente quando se trata da nossa primeira vez no destino.

Montevidéu ainda tem uma série de mitos turísticos que vem lá do início da blogosfera quando as pessoas falavam que não tinha muita coisa para fazer na cidade, que uma tarde era suficiente para ver tu-do e Pocitos era sempre o melhor lugar para ficar.

Vejo o reflexo desse papo na hora de fazer o planejamento do roteiro: vocês ficam agoniadíssimos com a disposição dos dias e qual bairro escolher.

Afinal, 2 dias são suficientes? 3 dias é muito tempo? O hotel na rua 'x' é uma boa ideia? O bairro 'y' é ruim? São perguntas que recebo diariamente.

E na real não tem uma regra: as férias podem ser igualmente maravilhosas para quem se hospeda na Ciudad Vieja ou Carrasco.

Sobre a quantidade de dias, relaxem, nunca é muito, esse bloguito é a prova viva, são 7 anos falando unicamente do Uruguai, só fica sem saber o que fazer nas férias em Montevidéu quem não tem nosso guia na mão hehe.

- Beleza, então quer dizer que Pocitos não é mais o melhor lugar para se hospedar, moça?

Não estou falando isso, pelamordasanta, o ponto que eu quero chegar é que existem outras possibilidades e definir o que vai ser melhor vai depender sempre das necessidades e prioridades de cada viajante.

Leve em conta na escolha do hotel o seu orçamento, os serviços ou comodidades que você considera importante e a localização que vai funcionar melhor para a sua viagem.

Dicas de hoteis em Montevideu

É bacana buscar referências, mas não dá para esquecer que a viagem da fulana do Instagram foi a viagem perfeita para a realidade dela, sua história e o que você espera para esses dias só você conhece.

Eu, como viajante, tento buscar um equilíbrio,  adaptar a escolha do hotel com a proposta das férias e a grana que a gente pode gastar (voltar com dívidas acho a maior furada hehe).

Por exemplo, numa viagem estilo city break onde eu vou passar apenas 2 ou 3 dias fazendo turismo urbano, só procuro um lugar limpo, arejado para chegar no fim do dia e dormir e que seja bem localizado, basicamente próximo aos locais que tenho interesse em conhecer, e aí decido se quero estar perto das atrações turísticas ou do circuito da vida noturna. Não me preocupo se tem vista maravilhosa, se tem piscina interna, externa, jacuzzi ou lençol com 4.867 fios de algodão egípcio.

Já numa viagem romântica com o maridón, os detalhes costumam fazer a diferença, a decoração e boniteza do quarto viram prioridades, se tiver vista é melhor, e quem sabe contar com um barzinho bacana no lobby, algum serviço diferenciado, pereré e parará.

Viajando com minha filha pequena acho fundamental ter um frigobar e microondas no quarto, espaço livre também ganha importância, nada mais irritante do que ficar com mala e carrinho de bebê trancando o caminho, aí se tiver cômodos separados - quarto, sala e varanda - uma equipe amável e café da manhã incluído na diária já ganha mil estrelinhas e fica fácil apertar o botão de reservar. 

Resumindo, as necessidades mudam em cada viagem e ter esses detalhes esclarecidos me ajuda a filtrar as opções.

Foi pensando nessas diferenças e possibilidades que eu fiz uma lista com 12 hotéis - em diferentes bairros - que eu me hospedaria em Montevidéu (para entender qual bairro combina mais com a sua viagem, recomendo a leitura desse post) e vou dividir em 2 textos. 

Lembrando que você pode colaborar com o blog reservando a hospedagem no site da Booking.com usando nossos links, ganhamos uma comissão e você não paga nada a mais na diária (minha parceria é com a Booking, os hotéis citados aqui nem sabem que eu existo, logo, não tem jabazinho, tem é muita sinceridade e carinho no conteúdo que pinta há anos nesse espaço).

Vamos a primeira lista com dicas de hotéis em Montevidéu?

1- Alquimista

Particularmente, me agrada muito esse formato boutique, acho um charme hotéis pequenos, essa coisa não padronizada que traz decoração diferente em cada quarto e moveis com história, um toque pessoal de atenção aos detalhes.

Toda vez que vejo o Alquimista tenho mais vontade de ter meu próprio B&B para receber vocês com chá e bolo em casa, sonho! <3

Localizado em Carrasco, um bairro que os brasileiros não costumam explorar muito, está mais afastado do centro e principais atrações,  para quem tem pouco tempo ou orçamento mais limitado não é tão prático, visto que chegar na Ciudad Vieja com Uber vai levar quase meia hora e a corrida custa em torno de 40 e 50 reais, de ônibus esse trajeto leva aproximadamente 1h.

Em compensação, Carrasco oferece as opções mais charmosas de hospedagem, é um bairro elegante, de alto poder aquisitivo na capital, tem ótimos cafés e restaurantes, fica perto do aeroporto, é vizinho de outros bairros que eu gosto muito como Punta Gorda e Malvin, mais próximo de El Pinar e Atlantida, ou seja, tem bons passeios - pouco óbvios ou tradicionais - para fazer nas redondezas e vocês encontram essas sugestões de roteiros em Carrasco e arredores todas organizadas no nosso guia (ou pesquisando aqui no blog).

    Foto: @luisazuffo

O Alquimista é uma dica também para quem visita o bairro, eles têm um restaurante aberto ao público (se definem como um restaurante com quartos, são 6 no total) com mesas no interior do casarão e no jardim. Abre para almoço, chá da tarde e jantar.

Diária a partir de 130 dólares para 2 pessoas.


2- Ciudadano Suítes

Um hotel novo e com ótimas tarifas ali do ladinho da rodoviária. 

A região não é exatamente turística para ficar flanando (convenhamos, nenhum lugar da capital dá para ficar dando mole com câmera pendurada no pescoço, celular na mão fazendo 458 selfies ou mergulhado com a cara no GPS, contando dinheiro no meio da rua e tal, parece lógico tomar esses cuidados, mas vejo sempre turistas brasileiros protagonizando essas cenas), é super central, fácil de ir para todos os lados da cidade e do país, só atravessar a rua e pegar um bus para qualquer destino no Uruguai.

O Ciudadano tem decoração moderna e diárias que custam a partir de 49 dólares para 2 pessoas. 

Foto Cópia/Reprodução Booking.com

De lá dá para ir andando no Sinergia Design, o espaço mais cool de Montevidéu, e comer um rango vegetariano ou vegano baratex no Rincón Natural.


3 - Hyatt Centric

Tenho boas experiências nessa rede em diferentes lugares no mundo, acho o hotel de Montevidéu belíssimo, muito bem localizado com vista para o Rio de la Plata, fica em frente ao letreiro com o nome da cidade, a decoração é clean e elegante, sou fã do restaurante (que também é aberto ao público), uma hospedagem que definitivamente vale a pena.

Hospedagem em Montevideu

Diárias a partir de 120 dólares para 2 pessoas.


4- Alma Histórica Boutique Hotel

Eu apenas queria morar no lobby maravilhoso do hotel. A fachada, a escadaria, o lustre, os moveis antigos são incríveis.

Dica hotel em Montevideu

Onde se hospedar em Montevideu
Fotos Cópia/Reprodução Booking.com

Fica no coração da Ciudad Vieja, muito prático para combinar com os roteiros.

Diária a partir de 129 dólares para 2 pessoas.


Uma opção confortável e acessível em Punta Carretas, perto da rambla e do shopping. Tem um terraço agradável com piscina e vista bonita.

Dica de hotel em Montevideu
                                                    Foto Cópia/Reprodução Booking.com

Diária a partir de 72 dólares para 2 pessoas.



O hotel é moderno e descolado, colorido, com vistas lindas para a cidade em muitas áreas comuns. 

Hotel em Montevideu

Hospedagem em Montevideu
Foto Cópia/Reprodução Booking.com

Localizado também em Punta Carretas numa área com muitos restaurantes (tem a famosa parrilla García e o café Pecana como vizinhos, por exemplo) e perto da rambla.

Diárias a partir de 144 dólares para 2 pessoas.

***

Primeiros seis hotéis selecionados e publicados, teve hotel em Carrasco, Ciudad Vieja e Punta Carretas, decoração clássica e moderna, hotel boutique e redes que disponibilizam muitos quartos, diárias que vão de 49 a 144 dólares, opções variadas para que você possa escolher a que melhor se encaixa no seu gosto e orçamento.

Temos outra série de posts com sugestões separadas por bairros, os textos são bem antigos, trouxe hoje hotéis mais recentes no mercado, porém as listas anteriores ainda podem ajudar: Centro, Pocitos, Punta Carretas.

Até a próxima! :)

10 comentários

  1. Adorei as dicas. Já fiquei o Orpheo, pertinho da Plaza Independencia, mas gostei mais de alugar pelo Air BNB. Era tanta bateção de perna o dia todo, que à noite eu só queria um lanche rápido, banho e cama. Obrigada por compartilhar tanta coisa boa! Sempre mato a saudade do Uruguai vendo as fotos do seu Blog e já to querendo a inauguração do seu B&B pra ir te conhecer. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigada pela gentileza, Carol! <3

      Ojalá esse sonho do B&B vire realidade um dia, por enquanto falta 'dinheiros' para tocar a ideia hahaha!

      O Orpheo tá na primeira lista de hotéis que fiz em 2013, acho uma boa opção dentre as ofertas econômicas do Centro. Eu gosto muito de alugar apartamento tb, principalmente se a viagem for longa!

      Abraço!

      Excluir
  2. Simplesmente ADORO seu blog! Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Amando sei blog! Aonde eu achei as melhores dicas, e a escrita é uma delicia! Eu e o marido vamos em Junho, sei que não é a época ideal, mas perderemos muito por causa do frio? As vinícolas abrem nessa época Mile? Obrigada e um beijão!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi! Mto obrigada! <3
      A viagem pode ser linda no inverno tb, aqui no blog tem uma serie especial do que fazer no inverno, dicas valiosas para aproveitar muito as férias em Montevidéu no frio.
      E as vinícolas funcionam! :)

      Excluir
  4. Boa noite, tudo bem? Tenho uma oportunidade para você gerar mais lucro com o seu Blog, gostaria de poder entrar em contato por email para podermos conversar melhor! Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilmara, mto obrigada! Eu não acredito nessas coisas hehe, mas pode mandar (contato@viveruruguay.com)! Abraço!

      Excluir
  5. Oi Mille, tudo bem?

    O que você acha das redes Intercity e Ibis em Montevideu? Sou cliente de ambas no Brasil, mas no Uruguai ainda não me hospedei nelas.

    De qualquer forma, adorei as indicações que você passou aqui e já estou pesquisando para a minha viagem de novembro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Celso! Tudo bem e vc?
      Se vc tem desconto vale a pena ambos. Se fosse há uns anos eu diria que a localização do Intercity era melhor, mas hoje eu vejo muita graça em Cordón, Parque Rodó, Palermo, o que me deixa feliz com a localização do Ibis tb.
      Mas, não é pra todo mundo ainda, se vc quer um bairro de classe média e mais homogeneo, vá de Intercity. Se quer um bairro mais alternativo e com opções diferentes, um tico mais perto da parte histórica turística (no final são menos de 10min de carro entre um e outro, em questão de tempo não se ganha nem se perde mta coisa), vá de Ibis.
      Como já comentei, essa ideia de caminhar de buenas a noite sem medo já não existe em nenhum lugar. Sendo honesta, entre os 2 escolheria o mais barato hehe e se a diferença não justificasse, optaria pelo que tivesse melhores reviews.
      Abraço!

      Excluir