Visita e almoço na Bodega Bouza

A Bodega Bouza é um passeio clássico para quem deseja fazer enoturismo no Uruguai, talvez seja a bodega mais visitada e conhecida do país.

Visita vinicola Bouza

No fim de semana antes da festa de Natal decidimos passar o dia lá, acho sempre uma experiência gostosa passear numa vinícola. 

Na verdade gostamos de tudo que envolve o mundo do vinho, Pablo é sommelier nas horas vagas e eu cheguei a começar o curso, mas tive que abandonar porque na época não conseguia conciliar com os horários de trabalho e aí sempre vamos felizes conhecer as bodegas, participar de degustações e afins, mas juro que não bancamos os enochatos rodopiando a taça com cara esnobe rs.

Apesar desse interesse particular, fazia muito tempo que não deixavamos a vida correr curtindo a paisagem dos vinhedos e foi especial escapar da rotina lá na Bouza antes de começar a maratona das festas de fim de ano.

Primeiro porque foi a primeira vez que Gabi curtiu a atividade, já tinhamos feito enoturismo com ela em Carmelo, mas era tão piquitica que dormia a maior parte do tempo, agora ela amou ter tanto espaço verde para brincar, ficou toda curiosa com os cachos de uvas e se divertiu com os patos e pavões que andam soltos pela propriedade.

Visita vinicola Bouza

Depois porque a Bouza mantém aquele padrão de vinhos maravilhosos, bom atendimento, comida gostosa, ambiente elegante e aconchegante, é um mimo para os sentidos.

Acho que a bodega não deve nada a bodegas de alto nível que trabalham com turistas. Está a poucos minutos aqui de casa, mas poderia estar tranquilamente na famosa Mendoza ou Bordeaux, por exemplo.

É um passeio que recomendo bastante, dá um toque diferente e charmoso no seu roteiro de viagem. Não é exatamente barato, mas é uma experiência que vale a pena. 

Há a opção de fazer só a visita guiada, a degustação, almoçar no restaurante ou fazer tudo isso junto, que convenhamos é o jeito mais legal e completo.
 
Os preços variam: só a visita guiada custa 490 pesos, a degustação + visita custa mil pesos. 

No restaurante os pratos custam entre 560 e 700 pesos em média, as sobremesas 300 e poucos pesos e o vinho é servido em taças ou garrafa (pelo preço compensa pedir a garrafa). Clientes do restaurante fazem a visita guiada sem custo.

Não fizemos a degustação
, já conhecemos os vinhos da Bouza e Pablo estava dirigindo (vale ressaltar que a tolerância é zero no Uruguai), pedi uma taça de merlot e outra de tannat para acompanhar o almoço. 

Nos pratos picanha de cordeiro e baby beef: deli total! E de sobremesa essa indecência com doce de leite escorrendo hehe.

Visita e almoco na vinicola Bouza

Visita e almoco na vinicola Bouza

Visita e almoco na vinicola Bouza

As visitas guiadas têm horários fixos, no fim de semana ocorrem às 11h e 16h. 

Eu me empolgo com os detalhes de produção, fermentação, etc e tal, mas até para quem não tem muito interesse é legal, as instalações são lindas e ainda tem a surpresa do museu de automóveis e motocicletas antigas que a família Bouza coleciona. É um detalhe curioso, inusitado e colorido em meio aos vinhedos.

Visita na Bodega Bouza
Visita guiada na Bodega Bouza
Visita guiada na Bodega Bouza

Visita guiada na Bodega Bouza

As reservas podem ser feitas diretamente no site da vinícola e o lugar é tão concorrido o ano inteiro que eu recomendo fazer a reserva para evitar contratempos.

Para quem imagina paisagens verdinhas e muitas uvas nas parreiras, daqui até os dias de colheita em março é o período ideal para conhecer as vinícolas.

Vamos aproveitar! :)

20 comentários

  1. Olá!
    Adorei o seu post. Viajare no início de janeiro e pretendo visitar essa vinicula.
    Estarei hospedsfa em Puntas Carretas. Você acha q vale pagar um táxi ou ficará muito caro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Muito obrigada pela visita! :)
      Sim, dá para ir de táxi, pergunte no hotel se recomendam algum taxista. Se não tiverem nenhum contato, tente na rua mesmo, mas tenha o endereço (instruções de como chegar) em mãos e converse com o motorista para saber se ele conhece a região.
      Não é todo mundo que sabe o que é/onde fica a Bouza, então não rola fazer sinal para o primeiro taxi que passar, entrar e dizer 'oi, me leva na Bouza' rs, recomendo esse cuidado primeiro para evitar contratempos.

      Boa viagem! :)

      Excluir
  2. Só consegui ver o post hoje! Ficou lindo! To super fuçando aqui no blog e montando roteiro para fazer com as visitas que chegam no começo de fevereiro! :) A Bodega Bouza é sempre um destino acertado. <3 louca pra pegar logo meu cartão fidelidade! hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lu! Essas visitas são muito sortudas, certeza que vc está preparando o melhor roteiro! :)
      Oh, quase disse 'oi, sou amiga da Luisa. Obrigada, de nada' para ver se rolava um mimo extra porque vc é cliente vip hahaha! :*

      Excluir
  3. Olá, adorei seu post. Principalmente por informar valores atualizados da visita e degustação. Sabe me dizer se o acesso é fácil por meio de transporte público? Agradeço desde já. Abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Vanessa!

      Dá para ir de bus, mas nunca acho a melhor opção. A parada é na estrada e tem que seguir caminhando até a entrada da vinícola...

      Excluir
  4. Fizemos essa visita por sugestão sua e adoramos, abraços em Pablo e bj na Gabi, vcs são 10, saudades de nosso ensaio lindo! Roberto e Hirlene.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido, muito obrigada pelo carinho! Esperando encontrá-los novamente! Abraço grande! :)

      Excluir
  5. Olá, muito bom seu post!
    Farei uma viagem a Montevideu no final de Maio, fiquei com uma dúvida: se eu optar pelo almoço na Bouza, a visita guiada é gratuita ? Bjs!

    ResponderExcluir
  6. bom dia , vou visitar a bodega bouba daqui a duas semana. vc pode me dizer o tempo do tour guiado ?? pq quero marcar outra bodega a seguir se der tempo ( no caso a carrau )

    ResponderExcluir
  7. olá .
    legal ter sua orientações sobre o uruguai.
    viajarei para Uruguay em agosto/16 por quatro dias e visitarei a Bodega Bouza como vc recomendou.
    Para quem vai sozinho qual o passeio noturno recomendado para se viven ciar um pouco da cultura uruguaia?
    Parabens pelo site

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Passeio noturno pode ser teatro (a programação é intensa e tem salas incríveis nos teatros Solís e Sodre, por exemplo), churrascarias, bares...
      Espero que tenha aproveitado muito a viagem! :)

      Excluir
  8. Eu e minha esposa estamos empolgadissimos com nossa ida ao uruguai nos proximos dias em lua de mel e acho que esta visita a bodega bouza nao podera faltar, adorei o post sobre a bodega e os outros que tem no site. continue esse lindo trabalho, está de parabens.

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigada por suas dicas, iremos em abril e já fiz reservas para conhecer a Bouza. Regina Reis.

    ResponderExcluir
  10. Estou indo dia 16 de março.Para almoçar na Bouza é necessário reserva?Posso chegar fazer a visita e almoçar?

    ResponderExcluir
  11. Estou indo dia 16 de março.Para almoçar na Bouza é necessário reserva?Posso chegar fazer a visita e almoçar?

    ResponderExcluir