Roteiro no Uruguai: Colônia do Sacramento e Carmelo

Faz pouco mais de um mês cruzamos o Uruguai de leste a oeste e fomos passar uns dias em família entre Colônia do Sacramento e Carmelo, destinos que amamos e repetimos já nem sei dizer quantas vezes.

Mostrei alguns achados e belezas da viagem no Instagram (nunca ao vivão porque não sou dessas, não dou conta nem tenho intenção de dar hehe). Voltei querendo fazer mais, escrever mais, registrar onde não desaparece em 24h .  

Pisar no freio. Um cadinho da sua atenção sem 47 atualizações piscando por minuto, obrigada. Vou fazer um mini guia, pensei antes da viagem. Faz tempo prometo (pra mim mesma) juntar toda info e publicar um material desse nosso jeitinho com outros destinos do Uruguai. 


Roteiro em Colonia do Sacramento


E ficou pronto, vai sair logo mais um PDF (tá na edição, viva!), mas queria o conteúdo aqui no blog também. Integralmente e de forma gratuita que não é novidade nesses 12 anos de blogueiragem. Antes de virar guia, tudo é compartilhado (e as vezes copiado sem nenhum creditozinho kkcry). 


O formato guia é nossa curadoria organizada, atualizada e fácil para acompanhar sua viagem. O dinheiro arrecadado é um incentivo simbólico ao conteúdo honesto e autêntico que apresentamos. Sua colaboração faz a diferença.


Muito que bem, vamos começar com o roteiro? Vou fazer um resumão dos lugares que passamos nessa viagem e durante a semana vou liberando uma serie de post com as propostas mais detalhadas.

A primeira parte em Carmelo:


Hospedagem: Casita em Zagarzazu


Carmelo é o destino que se você puder investir na hospedagem, eu recomendo. Um lugar ideal para se mimar, tem opções muito charmosas, nesse nicho já nos hospedamos no Carmelo Resort e na Posada Campotinto, excelentes ambas.


Também já fomos em modo econômico dormindo no Hotel Mykonos, na época atendeu o que precisavamos. Dessa vez sendo 4 pessoas numa semana de férias escolares, foi difícil achar quarto disponível e num valor razoável, como alternativa terminamos buscando no Airbnb e deu muito certo.

A melhor relação custo x benefício que tivemos em Carmelo: a casa pequenina, mas funcional e agradável. Muito bem localizada (menos de 10min de carro para as vinícolas e restaurantes), tudo novinho, bem equipada e com piscina, detalhe que fez a alegria das crianças.

A diária custa em torno de 100 dólares, um achado para os valores praticados em Carmelo. Dica das boas!


Roteiro em Carmelo no Uruguai


Vinícolas e restaurantes:


Essa viagem foi muito bacana para conhecer novos projetos e revisitar nossos lugares favoritos.

Das novidades fomos na Pueblo Tannat, um espaço maravilhoso e moderno que conta também com um bom restaurante (oferece preços competitivos, pratos a partir de 590 uyu, o que me chamou atenção positivamente, além da generosidade do vinho por taça que lá chega numa garrafinha hehe). 


Roteiro em Carmelo no Uruguai
Vinícola em Carmelo no Uruguai
Degustação vinhos em Carmelo no Uruguai


Fizemos a visita guiada e degustação (850 uyu) com o sommelier Juan, uma simpatia. Estava curiosa para provar os vinhos de ânfora que merecidamente tem dado o que falar no mundo dos vinhos local, escolhemos o cabernet franc 2022 para levar pra casa <3


O outro projeto que conhecemos foi Lo del Toritolindo e inspirador, acredito que ainda iremos ouvir falar bastante, elaboram ‘pocos, pero buenos vinos’ como eles mesmo definem. 


Por enquanto, estão recebendo os visitantes em eventos pontuais, vale a pena acompanhar e ficar por dentro da agenda. Nós participamos do jantar harmonizado 'Sentidos' - pelas mãos da Camila Ciganda e João Sabino - e foi incrível. 


Ficamos encantados com a receptividade e o espaço, o albariño deles foi meu preferido da viagem e passei semanas querendo provar tudo com o licor de chardonnay fresco e delicioso da casa.


Vinho Lo del Torito Uruguai

Fomos também nos queridos de sempre, não consigo dizer que estive em Carmelo sem passar no Almacén de la Capilla e Bodega El Legado, clássicos <3


O Almacén de la Capilla é meio esse portal do tempo, um casarão bonito, aconchegante, com história e caráter, atendido pelos proprietários. Recomendo fortemente.


Acho o Diego o melhor anfitrião de Carmelo, é fácil sentir-se bem, sentir-se em casa por lá. A surpresa dessa visita foi provar o vermut da bodega, adorei o rosso. Para casa trouxemos ainda o tannat roble


Roteiro em Carmelo no Uruguai
Roteiro em Carmelo no Uruguai

Fazia um tempo desde nossa última visita na El Legado e é emocionante acompanhar a família unida no projeto, os meninos - filhos do casal, que na verdade já são homens feitos, mas o mais novo eu vi ainda criança - têm carisma e aprenderam com os melhores a receber bem o visitante. 


Uma bodega boutique com vinhos potentes e elegantes (também é pousada de campo, tem quartos com vista para os vinhedos), parada imperdível no enoturismo em Carmelo.

 

Roteiro em Carmelo no Uruguai
Roteiro em Carmelo no Uruguai

Outra opção que vale a pena é o restaurante da Narbona (tem em Carmelo e em Punta del Este), delícia e encantador. Pratos a partir de 960 uyu e um armazém bem sortido com doce de leite, geleias, vinhos, queijos. 


É possível também fazer a visita e degustação na vinícola da casa. E a proposta se extende ainda com uma das pousadas mais bonitas da região.


Roteiro em Carmelo no Uruguai
Roteiro em Carmelo no Uruguai

No centro da cidade me surpreendeu o restaurante Nido e quando tudo já aparecia fechado, cruzei sem querer com o D'Tertulia e agradeci por conseguir manter meu vício em café em dia, não cheguei a testar a noite, mas pareceu ter eventos interessantes com tango e música ao vivo. 


E o tradicional de sempre aos finais de semana segue sendo o Lo'Korrea: italianão, simples e abundante (eu acho que nem tem rede social, pelo menos nunca encontrei, junto com o Nido e D'Tertulia, são os lugares dessa lista onde você vai encontrar mais moradores que turistas).


Ficou pendente nessa viagem a visita na Galia Brewing - tava fechado pela semana de férias, abre poucas vezes, deixo aqui porque vai que coincide com suas datas -  uma cervejaria artesanal vizinha aos vinhedos da Campotinto e também no Camellia, uma casa de chá gracinha no mesmo bairro da nossa hospedagem em Zagarzazu. Abre apenas no final de semana.


Foi esse resumão de Carmelo, um lugar que me deixa genuinamente feliz. Comer, beber e amar é o que se faz de melhor. La buena vida. Cercada de rio, campo e calmaria. Uma terra de vinhos e gente gentil, dos melhores destinos no Uruguai.


Volto durante a semana com o primeiro texto recheio do mini Guia de Colônia.

Abraço e até mais :) 




Nenhum comentário