Domingo na feira: Tristán Narvaja

Primeiro domingo de fevereiro. O ano é 2022 e o instagram não funciona há horas, vim blogar. Essa ferramenta jurássica que dizem estar de volta. Tomara que sim. Linhas e palavras, saudades. 


A afetação dos videos coreografados e iguais, cês também se irritam? Sei nem o que fazer aqui nesse silêncio, tela branca, sem limite de caracteres. Até quando resistirei sem apontar os dedinhos com soluções fantásticas? Falta a dopamina das interações imediatas da outra rede, percebo desconfiada. As fotos já estavam preparadas para serem compartilhadas, quase lamento. 


Chove, um verano que insiste em ser gris. Coloco um tango, sintonia com a nostalgia. Alma vieja. Trilha do dia. 


Fui na feira sem nenhuma necessidade aparente, assim a ver lo que hay. Fazia tempo não ia. Dizem que é o lugar em Montevidéu onde se encontra tudo que está buscando e até o que não se sabia que buscava. Dou fé. Me acho no improvável. 


Bar em Montevideu

Chego na porta da Facultad de Derecho, dali já se sentia o vuco de feira. Barracas, gente, bandeiras e panfletos de uma votação. Me pedem votos pelo , pelo no. Eu não voto, mas é um mero detalhe. Atravesso. Coloco a mochila pra frente, pois malandro é malandro e mané é mané.  Adentro pela Tristán entre puestitos de plantas, roupas, quinquilharias, frutas e verduras. Cruzo com a comparsa do bairro. Som dos tambores. Duas mulheres dançam, riem e coletam doações. É carnaval. Nem a dureza de um sábado cinza permanece indiferente a alegria. 


A Babilonia me chama. Tem algo místico. Pilhas de livros entre pedras, plantas, estantes que se abrem. Gente que vai buscar raridades. Folhas amareladas, tesouros. 


Visito outra livraria. E outra. Não tem melhor lugar para comprar livros, isso que ainda nem cheguei no cruzamento com Paysandu, tradicionalmente um mar de livros na rua.


Feira Tristan Montevideu

Feira Tristan Montevideu

Vejo mensagens subliminares literárias. Uma seleção bonita nada ao acaso na porta. Gosto. Entro. Um senhor simpático comenta que abriram um café no segundo andar. Não queria café, mas tomada pela curiosidade, subo. 

Livros e madeira e janelas para a feira. Paz em meio ao burburinho. Um oásis. Não quero ir embora, peço um espresso. Encomendo um livro: La Perra da colombiana Pilar Quintana. Chega amanhã. Das delícias que Amazon não oferece.


Livraria em Montevideu

Feira Tristan Montevideu

Feira Tristan Montevideu

Saio da Minerva livraria e café tomada pela tal da temporalidade abstrata. Sequência de aleatoriedades. Passo numa casa de remates (movéis de compras de leilão), um antiquário, um atelier de arte, pergunto sobre os cursos. Entro num armazém. Depois numa casa de discos. Discos! E fita cassete, cd. Que ano é hoje? Garimpo. Não levo, não dessa vez.


Feira Tristan Narvaja Montevideu

Feira Tristan Montevideu


A fome aperta. Quero um trago (bebidinha), antes. Amo essa onda do vermouth. A hora do aperitivo. Sigo para o bar mais inusitado e original. Bar El Imperio. Meu rolê de humanas favorito. Pena que toda cidade quis o mesmo. Não tinha lugar, casa cheia como suele pasar los domingos. Mas é fevereiro, tive fé. 


Bar em Montevideu

Bares em Montevideu


Nada bebi. Subi toda Tristán de novo até encontrar a 18 de Julio e pegar o rumo de casa. Contenta. A cidade e sua gente <3


* A feira acontece todo domingo na rua de mesmo nome: Tristán Narvaja até umas 15h, mas não recomendo chegar depois das 13h. São mais de 100 anos de história.

* São dicas assim - do bar, feira, livrarias, etc - que vocês encontram no nosso Guia de Montevideo, além de trazer informações que te ajudam a viver experiências autênticas, a compra é uma forma de colaborar com o Viver Uruguay, um projeto independente há 10 anos no ar.

6 comentários

  1. Não tenho INSTAGRAM. Só posso te ler aqui. Então, numa palavra: GRACIAS.

    ResponderExcluir
  2. Que relato bonito, fiquei na vontade do Vermouth com você!

    ResponderExcluir
  3. Dia 1° de Maio estou chegando em Montavideo. Vou ficar por 6 meses. Seu blog tem sido um verdadeiro guia. Me sinto com um rumo! Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por estar ajudando um pouco nessa fase pré-mudança! Certeza será uma experiência linda! :)

      Excluir