Um Dia de Domingo no Parque Rodó

Sempre me perguntam o que fazer em Montevidéu e nas minhas respostas um passeio no Parque Rodó está sempre presente. 

Parque Rodo em Montevidéu

Acho o parque imperdível por vários motivos, primeiro porque é um passeio que me leva de volta a infância, vejo todos aqueles brinquedos antigos (tão anos 80/90 o chapéu mexicano, bate-bate, minhocão), luzes piscando, barraquinhas de algodão doce, um ruído de fundo de gritos e risadas daqueles que estão se divertindo nos brinquedos: é pura nostalgia!

Depois porque o parque tem muita área verde e muito movimento no final de semana, são várias crianças correndo de um lado a outro, rodas de amigos tomando mate, tocando violão, gente praticando acrobacias em tela ou corda, e eu gosto de ficar aí sem planos só curtindo o sol e vendo a vida passar ao meu redor.


O que fazer em Montevidéu

Quando canso da grama do parque, ainda tenho todo o calçadão da rambla à disposição para uma boa caminhada, uma volta de patins ou bicicleta. E no fim de tarde o sol se despede de um jeito tão simples e belo que vale ficar aí de frente para o rio esperando esse momento. 


Turismo em Montevidéu

Passeio em Montevidéu

Capaz você volte mais vezes, eu não canso de repetir esse passeio.

Não acho que precisava de mais outro motivo para incluir o Parque Rodó no roteiro de férias em Montevidéu, mas o danado do parque guarda outra surpresa, quase um segredinho, visto que pouca gente conhece essa atração: uma galeria permanente com exposições fotográficas a céu aberto.

É um espaço singelo, mas sempre oferece exposições interessantes e diferentes. É grátis, você pode conhecer a qualquer hora do dia ou da noite e fica a poucos passos da rambla.


Exposição Fotográfica em Montevidéu


Galeria Fotográfica em Montevidéu

A proposta é bem interessante e como amante da fotografia fico feliz de ver esse conceito de arte e cultura mais próximo das pessoas, fazendo parte do cotidiano mesmo, aquela coisa despretensiosa de fui ali levar meu cachorro para passear e encontrei uma exposição bacana no caminho.

No último domingo vimos a exposição Fútbol do uruguaio Leo Barizzoni, para quem ficou curioso, é possível ver as imagens no site da CdF. 

Já vi alguns trabalhos de fotógrafos brasileiros nessa galeria, então se você é profissional e deseja participar, fique atento as convocatórias.

Eu poderia seguir falando do Parque Rodó, mas vou deixar essa conversa para outro domingo! ;)

Só recordo a feirinha semanal que acontece no parque (comentei nesse post) e dou uma dica de onde comer - porque depois de tantas voltas a fome vai chegar rs - a Pizzaria Rodelu fica quase ao lado do brinquedo samba e vende um chivito canadense que está entre os meus preferidos da cidade, é uma boa oportunidade para já provar esse clássico uruguaio.


Chivito em Montevidéu



Ah, falei do samba e não pude deixar de lembrar do clipe dos meninos da banda Só Mistura, você pode até não gostar da música deles, mas garanto que vai curtir a carona na rambla:




Abraço! :)


Endereço:

CdF Fotogaleria Parque Rodo
Rambla Wilson e Pablo de María

13 comentários

  1. Parabéns pelo post Jamile! Realmente é prazeroso passar um dia de domingo aí...As fotos ficaram lindas também!
    Uruguias.com

    ResponderExcluir
  2. Mile,com uma renda de mais ou menos 50,000 pesos,seria possível levar uma vida confortável por ai,com esposa e dois filhos??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Depende do que você entende como 'vida confortável', recomendo que acesse links para conferir preços de aluguel, alimentação, educação, etc.

      Abraço! ;)

      Excluir
  3. A chuva acabou com meu passeio :( Hoje na feira de Narvaja logo cedo foi uma loucura quando caiu a chuva, nem tentei o parque! Uma pena...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, Mika! Mas o sol já saiu novamente! ;)

      Excluir
  4. Mile, muito bacana essa sua reportagem. Temos aprendido muito com suas postagens. Estamos tão perto do Uruguai e conhecemos tão pouco. Adorei.
    Um abraço grande,
    Manoel - Blog do Óbvio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Manoel! Muito obrigada pela gentileza de sempre!

      Fico feliz em saber que gostou do post! ;)

      Abraço!

      Excluir
  5. Parabens, Mile, pelo seu blog, sua atenção e carinho! Ja me respondeu por e-mail duvidas q tinha.
    Estou indo conhecer Montevideo até o final de abril. Estou um pouco insegura pq contava com a companhia de uma amiga q não vai poder.
    Quero conhecer, ficar um mes e ja fazer um curso de espanhol para conhecer a cidade, ver se gosto e se me adapto para morar.
    Nesta fase não sei onde é melhor ficar. Sou moderna e mente aberta, apesar da idade, 60 anos, ja viajei mto. Pensei em casa de familia mas emprerra qdo penso q terei banheiro para dividir, assim como tb em qtos indicados por cursos.
    Fiquei feliz por saber q vc ta gerando um "baby". To certa? Mta alegria, paz e luz pra vc.
    Se vc puder me sugerir onde ficar, te agradeço.
    Bjs,
    Mayra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mayra! Muito obrigada pela gentileza!

      Eu gosto de viajar sozinha, no início dá um friozinho na barriga mesmo, ficamos com muitas dúvidas, mas depois é uma beleza. Não desista por não ter companhia.

      A maioria das opções mais econômicas você terá que dividir banheiro, a solução é encontrar um quarto com suíte em algum apartamento ou residência estudantil, são pouco comuns, mas procurando, acha.

      Outra opção é alugar um studio ou monoambiente, mas aluguel por temporada sempre é um pouco mais caro.

      Dê uma olhada no Gallito, Mercado Libre, Buscando Casas.

      Sim, vem um bebezinho a caminho! Muito obrigada! :)

      Abraço!

      Excluir
  6. Oi Mille, tenho acompanhado seu blog há algum tempo, e é um dos melhores que já vi, não sobre o Uruguai em si, mas termos de blog em geral. Parabéns é um excelente trabalho. E claro, me chamou muito a atenção porque penso em me mudar para Montevideo, não busco uma melhora de vida nem carreira...rs Me apaixonei por um americano e ele só conseguiu residência no Uruguai, fui visita-lo e me apaixonei pela cidade, tenho inglês fluente e obviamente português, uma vez que sou brasileira, mas meu espanhol é uma droga...rs Sou advogada no Brasil e até tenho algumas especializações, mas não quero revalidar diploma nem advogar por aí, meu objetivo no momento é só aprender espanhol e trabalhar em qualquer coisa na qual eu consiga viver sem acabar com as minhas economias... É claro que todo conselho e ajuda são bem vindos, mas só queria dizer que seu blog me ajudou e me incentivou muito nesse projeto maluco. Obrigada, continue com o trabalho maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Muito obrigada pelas palavras de carinho, é um grande incentivo.

      Eu também sou da área jurídica e um trabalho relacionado ao Direito é uma oportunidade rara, já migrei com poucas expectativas em relação a isso, só queria um trabalho que pagasse minhas contas e eu não precisasse torrar minhas economias (será que me identifiquei com o comentário rs?).

      Mas a realidade que encontrei aqui foi muito mais dura, o "qualquer coisa" aparecia mais suave na minha cabeça, me via trabalhando como recepcionista/assistente/administrativa e voltando feliz para casa no fim do dia, mas só encontrava trabalho em call center (que não me fazia bem), com o tempo virou uma angústia essa situação.

      Porque vamos combinar, o padrão que buscava era algo tão básico que ao não conseguir alcançá-lo dava uma sensação horrível.

      Mas esse mesmo tempo se encarregou de trazer novidades e acabei encontrando uma realidade mais generosa depois.

      Não sei se a ideia de vocês é passar uma temporada apenas, se for é tudo mais fácil de lidar, a certeza de que é "passageiro e estou só curtindo" dá leveza as decisões.

      Quando a ideia é fixar residência por tempo indeterminado é que entra um certo dramalhão, a questão profissional a princípio parece algo mais fácil de ser deixado para trás, mas não é, as vezes nos faz balançar... e muito.

      Não obstante, não tenho nenhum exemplo próximo de alguém que voltou por não suportar essa mudança, a gente se reinventa e vai encontrando o equilíbrio, outras alegrias, descobrindo outros talentos.

      É uma experiência marcante, espero que você aproveite e aprenda muito.

      Abraço! ;)

      Excluir
  7. Seu blog e sensacional!!! Sou uruguaio e moro no Brasil.... recomendo para todos meus amigos que desejam conhecer meu pais.... vc está de parabéns tudo o que vc diz é totalmente verdadeiro e coherente! !

    ResponderExcluir